Ovelhas Incandescentes

Ovelhas Incandescentes

Páginas

domingo, 9 de maio de 2010

Futuro profissional

Umas oito horas da noite ou quase isso.

Uma sala cheia de alunos, na verdade, um laboratório de informática.
Aula de legendagem, a galera se matando para marcar o tempo certo das falas ou, talvez, o tempo menos errado possível.
Entrando no e-mail do yahoo, para pegar o script das falas, uma das manchetes do site grita. Sim, grita:

"O vídeo íntimo da bbb (me recuso a escrever essa BBBOSTA em letras maiúsculas) foi parar no youtube e ela não gostou."

'Tá, alguém de má-fé invadiu o computador dela e roubou os arquivos que ela fez na maior inocência, para que, nunca, ninguém visse?
Porque ela não tinha, de modo algum, a intenção de mostrar esse vídeo. Tadinha

Para que alguém tipo ela mesma roubasse, jogasse na internet e ela voltasse às notícias (se eu escrever uma carta para o Coelho da Páscoa, será que ele me responde?).

Chega a ser um mistério, a forma como esse vídeo surgiu e, mais ainda, a forma como foi parar no youtube, já que a moça não autorizou.

Enquanto isso, no laboratório de informática, a galera que trabalha para pagar o curso da faculdade e tenta se manter acordado, prestar atenção na aula e marcar os tempos das falas, se pergunta:

- Quanto é o curso de bbb?

- Que trabalho precisa entregar para ser notícia?

- Precisa fazer alguma especialização? Ou só a necessidade de ser notícia comentada e discutida basta?

Parece que a área de atuação é grande. E o mercado de trabalho está sempre de portas abertas.

O youtube só não pergunta diretamente se você autoriza publicar seu vídeo, sendo assim, realmente, nada foi "autorizado".
Mas é fato que ele não foi parar na rede de livre e espontânea vontade. A velha técnica da melancia no pescoço já está ultrapassada.

Para bom entendedor, meia palavra "bas"!
(Autorizou? Acesse o youtube, clique em ENVIAR e selecione o vídeo que quer carregar. Isso mesmo, o seu vídeo irá para o youtube. E se você enviou, você autorizou.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário