Ovelhas Incandescentes

Ovelhas Incandescentes

Páginas

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

É da natureza do ser humano...

... evitar as pessoas.

Sabe quando você está no ônibus ou no metrô, ou até mesmo na fila de algum lugar?
Está ouvindo aquela música legal ou lendo aquela parte do livro que não dá para parar?

De repente você vê um conhecido chegando... e faz o quê? Fecha o livro e fala: "Oi, tudo bem?"
Melhor, para a música e fala: "Hei, psiu, Fulano, tudo bem?"

Mentira!

Você vira para o outro lado, enfia a cara no livro, arruma um botão para apertar no mp3 player, no walkman, no minigame, no seja lá o que for, mas você finge que não vê!

Você só chama a pessoa ou dá a entender que viu se não estiver fazendo nada de interessante na hora, se tiver que falar com a pessoa ou se estiver de bom humor, que EU SEI!
Ou melhor ainda, se não deu tempo de disfarçar e fingir que não viu.
Eu sei, eu também faço isso, mas como eu falei:

"É da natureza do ser humano evitar as pessoas".

Pelo menos naquelas horas em que você não está para conversa. E acredite, são muitas.
Tem horas que tudo o que a gente quer é ficar só com a gente.
Só com a gente. Sozinhos com a gente mesmo.
Só!
Com a gente mesmo!
Só isso!

Um comentário: