Ovelhas Incandescentes

Ovelhas Incandescentes

Páginas

domingo, 15 de julho de 2018

Apenas agradeça!



Abaixe a cabeça e agradeça.
Seja como for que você estiver agora, poderia ser pior.
E eu te garanto que nesse momento tem gente em situação muito pior do que a sua.
Sempre tem alguém em situação muito pior do que a nossa.

Poderia ser melhor?
Também.
Tem gente em situação melhor que a nossa?
Tem, mas é problema deles, você não tem nada a ver com isso.

Mas a nossa vida também poderia esta melhor?
Sim, mas não é que ela "poderia", ela pode!

Busque o melhor, mas não despreze o que você tem no momento.
O "poderia ser pior" nunca passa e pode se tornar um "pode" a qualquer momento.

Então, busque o melhor, mas agradeça pelo que tem agora, porque é graças ao que temos hoje que podemos ter algo melhor amanhã.

Agradeça!
Você só chega no "ótimo" passando pelo "bom".

Incandesçam!
❤ 🌹 ✏ 📖 🎼 🎻 📚 🍫 ❤

domingo, 8 de julho de 2018

Já enterrou o seu passado hoje?



Você já enterrou o seu passado?
Ou é ele que te enterra todos os dias?
Você sofre pelo que já passou e isso te mata um pouco todos os dias?

Ainda não inventaram o botão pra parar de sofrer e, olha, o blá-blá-blá sobre rancor... a culpa, o remorso e mais algumas coisas estão ali de mãos dadas.

Se a mágoa é o veneno que você toma esperando que outra pessoa morra, o remorso e seus colegas são o quê?
O veneno que você não toma esperando que alguém te mate?

Para!
Para como puder, quando puder.

Pior do que esperar que o outro morra com o veneno que você toma é querer morrer esperando que a vida, de livre e espontânea vontade, te mate.

E ela não está aqui pra isso, queridos.
Esse não é o trabalho dela.
(RHA - Alguma data entre depois de março e antes de junho.)

Incandesçam!
❤ 🌹 ✏ 📖 🎼 🎻 📚 🍫 ❤

domingo, 1 de julho de 2018

A fila anda... de livros!


"Louco é quem se acha sensato e pensa que não tem nada a ver com a categoria dos tolos".
(O Prisioneiro do Céu - pg. 87 - Carlos Ruiz Zafón)


"O Prisioneiro do Céu" é mais um do Zafón que adorei. 💗
Os últimos livros que li dele ("A Sombra do Vento", "O Jogo do Anjo" e "O Prisioneiro do Céu") fazem parte da série "Cemitério dos Livros Esquecidos", que eu só fui saber disso depois que já tinha lido quase todos. 
Podem ser lidos em qualquer ordem, mas gostei muito de ter lido primeiro "O Sombra do Vento" e depois "O Prisioneiro do Céu".
"O Jogo do Anjo", eu já li, mas quero ler de novo, aproveitando que estou com os outros dois fresquinhos na cabeça.
Há algum tempo, Zafón lançou "O Labirinto dos Espíritos", que também entra pra essa série e eu já estou ansiosa pra ler. 😊


"Há épocas e lugares em que ser ninguém é muito mais digno do que ser alguém".
(O Prisioneiro do Céu - pg. 135 - Carlos Ruiz Zafón)

Incandesçam!
❤ 🌹 ✏ 📖 🎼 🎻 📚 🍫 ❤

domingo, 24 de junho de 2018

Reciprocidade de Favor



Eu estou fora de esperar reciprocidade de quem não me conhece.
"Reciprocidade de favor" é a palavra que eu dei na falta de outra melhor.
No fundo também é uma forma de puxar o saco.
Acho que já fiz isso.
Acho que todos nós fazemos quando gostamos de alguém.

Gostar nesse caso é igual a ser fã de tal pessoa.
Quando a gente gosta de alguém, gosta de demonstrar.
Ou, talvez, precise demonstrar.
Eu gostava.
Hoje eu não preciso.

Quando gosto de alguém, só gosto e pronto.
E repito:
Gostar = Ser fã
Ninguém precisa ver ou saber.
Eu gosto... e só.

Posso mencionar em alguma postagem na internet por aí.
Mas se a pessoa viu ou não, tudo bem.

Normalmente faço isso com o perfil da "Turma da Mônica" no instagram.
Tenho muitos "brinquedos" da "Turma da Mônica" e sempre posto em fotos do instagram, por isso marco o perfil da "Turma".
Estou cogitando parar de marcar.
Acho que nas últimas já não marquei.
No fundo, a gente quer algum reconhecimento.

"Hei, eu gosto de você, olhe pra mim, você me deve alguma coisa porque se você é famoso, em parte, é graças a mim".

Sim, no fundo a gente quer um reconhecimento.
E isso é um pedido do ego também.
É o que eu acho.
Por isso eu estou parando de marcar os "famosinhos" nas minhas postagens.

Eles não me devem nada.
Não sabem que eu existo e também não precisam saber.
Não têm nenhuma obrigação comigo.
Eles vivem a vida deles.
Eu vivo a minha.
E só.

Posso continuar gostando, mas ninguém tem obrigação de nada nem "tem que" nada, nem precisa de nada.
Ninguém "deve" nada.
Cada um só "deve" para si mesmo.
Só tem obrigações com a própria vida.
Seja eu desconhecida ou seja um famoso qualquer.
(RHA - 03/03/2018)

Incandesçam!
❤ 🌹 ✏ 📖 🎼 🎻 📚 🍫 ❤