Ovelhas Incandescentes

Ovelhas Incandescentes

Páginas

sábado, 23 de janeiro de 2016

Mais um ano...

Eu jurei, quando tive aquela porra daquela #erisipela, que quando eu ficasse boa de novo, eu nunca mais iria falar um "A" contra o meu corpo.

Porque independente de estar com Xkg, do cabelo estar assim, da pele estar assado, a gente é perfeito e não reconhece.

Independente de estar ou não esteticamente assim ou assado, a saúde conta mais do que qualquer outra coisa, embora a gente só ligue para isso quando a coisa fica realmente feia.

E embora eu não esteja como eu quero (e, talvez, nunca esteja), eu sei que sou perfeita e sou muito grata por isso.

E como eu disse na época: Felicidade é poder mexer o corpo sem problemas, levantar, ir até ali e voltar sem precisar de ajuda, pular, sair correndo, abaixar para pegar alguma coisa no chão, tomar banho sozinha, essas coisas... o resto são meras alegrias.

#EuAgradeço

Por mais um ano de vida, por mais um ano de vida com meus pais, meus irmãos, minha família, meus amigos, minha casa, minha saúde, meus gatos, minhas coisas, meu quarto, minhas canetas, meus cadernos, minhas borrachas, meus lápis, meus livros, minhas ovelhas, meu tudo e meu todos... #EuAgradeço!

Por tudo o que sou hoje, por tudo o que passei (bom ou mal), por tudo o que me tornei (passado ou presente), por tudo o que errei e por tudo o que acertei, por tudo o que aprendi (de certo e de errado)... #EuAgradeço!

Nada foi fácil até aqui, nada foi fácil até agora.
Ao contrário, do primeiro ano até hoje... foi tudo muito difícil.
Mas ainda assim... coisas boas aconteceram, situações boas aconteceram e pessoas boas apareceram... por isso, #EuAgradeço!

Eu acertei algumas coisas, errei tantas outras, continuo acertando algumas e errando em várias.
Mas continuo aprendendo... e isso é todos os dias.

E todos os dias... #EuAgradeço!

Por tudo o que consegui fazer, ter e ser... hoje, amanhã e depois... #EuAgradeço!


"Dias e noites pensando no que fiz, eu sou um vencedor, eu lutei pelo que eu quis!" 
(Charlie Brown Jr.)

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Mais verdade, por favor!

Oi, tudo bem?
Se pergunto é porque estou interessada, não é por educação.
Perguntar algo só por educação não é educação, é hipocrisia.

Entrei no elevador, tinha mais gente. Dei bom-dia.
Eu estou, mesmo, desejando um bom-dia.

Já me disseram que manda a etiqueta oferecer o que se está comendo, mesmo que não queira dar.
E recusar o que te oferecerem, mesmo se quiser aceitar.

Etiqueta?
Etiqueta, meus ovos!
Isso é hipocrisia, falsidade e um conceito muito errado de educação.

Sendo assim, prefiro ser malcriada e mal-educada.

E que 2016 seja mais verdadeiro do que muitos conceitos de etiqueta e educação que se vê por aí.

Incandesçam!