Ovelhas Incandescentes

Ovelhas Incandescentes

Páginas

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Gays: ame-os ou deixe-os... em paz!


Em primeiro lugar, eu acho que ninguém escolhe de quem gosta.
Se pudessem, jamais escolheriam gostar de alguém do mesmo sexo porque isso dá uma trabalheira desgraçada.
Ter que aguentar gente olhando torto, julgando, criticando, como se soubessem o que é melhor para você, o que é certo e errado, é uma coisa muito chata, muito triste e muito difícil de se aguentar, por isso eu duvido que alguém escolha passar por isso de livre e espontânea vontade.

É muito mais fácil ser hetero e poder passear com o(a) namorado(a) de mãos dadas, sem sofrer julgamento de gente que não te conhece e para quem você não deve nada (e ainda assim isso também acontece).

O que eu acho que Deus acha sobre isso?
Eu acho que Deus não acha nada!
Quem sente são os seres humanos. Seres humanos possuem emoção e podem sentir as coisas, ficarem tristes ou felizes.
Deus, por ser uma força maior, um ser superior, não é formado por emoção, é um ser superior, evoluído e maior do que todos nós. Se ele/ela tiver que se preocupar com algo, não vai se preocupar com os 'namoros' das pessoas, quando há tanta gente matando e morrendo por tanta coisa besta.
Não que haja motivos para matar e morrer, mas, certamente, há coisas muito maiores para se preocupar e que requerem uma imediata intervenção e preocupação divina.

Um gay pode ser curado?
Não há como curar um gay porque ele/ela não está doente.

Como ficará a cabeça das crianças?
Não achem que as crianças ficarão confusas por verem um casal formado por dois homens ou duas mulheres.
O máximo que elas farão é perguntar se fulanos(as) são só amigos ou se são um casal.
E se receberem a resposta de que fulanos(as) são um casal, elas entenderão perfeitamente.
Se elas forem muito pequenas para entenderem, não se preocupem, elas não serão crianças para sempre.
Elas vão crescer e vão entender naturalmente como as coisas são, como as pessoas são, como os sentimentos são, como o amor é, e elas vão entender que há coisas que não podemos escolher, e que nem por isso são certas ou erradas.

Crianças criadas em um ambiente sem preconceito e ignorância em relação a homossexuais vão entender naturalmente como a vida é, como as pessoas se relacionam e quando um casal é heterossexual ou não. E isso não vai mudar em nada na criação, no crescimento ou na formação de seu caráter.
Isso também não quer dizer que ela vá ser homossexual, embora isso não dependa dela.
Ela ainda terá a vantagem de ter menos um preconceito na sua vida e um assunto a mais resolvido na sua vida. Não terá a burrice nem a limitação de achar que pessoas que namoram com outras do mesmo sexo são anormais, erradas ou algo do tipo.
Ela vai raciocinar que fulanos(as) são homossexuais e falar "ah, tá, entendi", e só!
Como eu e tantas outras crianças fizeram.

E garanto que sou uma pessoa boa. Um pouco revoltada com algumas coisas, um pouco chata com outras, mas ainda uma pessoa de bom caráter, e sempre fazendo a minha parte para o bem do planeta.

6 comentários:

  1. OLá Regiane,

    Esse é um assunto bem delicado e acho que muita pessoas falam besteiras e as vezes acho que tem exposição demais, não tenho preconceito, mas acho que hoje a coisa esta solta demais...belo post...resenha nova no blog, se quiser conferir ficarei feliz....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exposição demais pode bagunçar mesmo e ainda fugir ao assunto principal q é o preconceito e direito de se ficar com quem se gosta. Vou lá. Bjs

      Excluir
  2. Eu concordo e discordo. Acho que se a proposta das crianças terem aulas sobre homossexualidade e como isso é normal for aprovada vai ter muita gente virando homossexual sem na verdade ser, sabe? Por influência. Meninos gostam de meninas, mas não tem nada contra também gostar de meninos!
    Eu sou a favor dos gays, acho que eles devem ser respeitados, mas também acho que os jovens devem se aprimorar mais e não arriscar tanto pra ficar no grupo dos bis porque todos tão ficando e sim porque não gostam de menino(a)s.
    A sociedade é muito preconceituosa e com a moda ou vamos dizer a coragem dos brasileiros de assumirem a homossexualidade, agora toooooodo mundo acha que tem direito de dizer que duas pessoas do mesmo sexo abraçadas, andando de braços dados ou sei lá conversando é sinal que o casal é gay.Eu e minha amiga da faculdade andamos assim e o tanto de gente que fala'que bonitinhas, pena que são lésbicas' ou pior, os próprios parentes acham que por andar "grudada" eu sou lésbica. Há 6 anos atrás eu podia andar assim com as amigas e ninguém olhava torto! Acho um absurdo como as pessoas se acham juízes e juris! ¬¬

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Yasmim, eu tb lamento q antes eu andava de mãos dadas com amiga, dormia na mesma e não tinha nada de mais, e hj já somos rotuladas de lésbicas. Tem muitas coisas ditas sem saber mesmo, mas tem tb o amadurecimento das pessoas, a cabeça das pessoas, felizmente, nem todos se deixam levar pela modinha. Eu acho q aula sobre homossexualidade é desnecessário, o q tem q ser ensinado é o respeito de q cada pessoa tem o direito de ser o q é. Bjs

      Excluir
    2. Uma porcaria, é isso que eu acho que tá acontecendo com a sociedade. As vezes acho que a cada passo de evolução dela a gente retroage nove!

      Excluir