Ovelhas Incandescentes

Ovelhas Incandescentes

Páginas

domingo, 17 de novembro de 2013

Plantando...

Obrigada pelo dia de hoje. Pelos dias anteriores. Pelos dias que estão por vir.

Obrigada por tudo e por todos.

Pelas oportunidades ganhas e também pelas que perdi.

Estou plantando para colher.

Estou fazendo a minha parte.

Que seja um dia de cada vez, a cada bloco de 2 ou 3 horas.

Que seja uma noite dormida de cada vez, mesmo que seja pela metade.

Um dia de cada vez, mesmo que ele comece antes do sol nascer.

Estou plantando... e vou colher.

Incandesçam!

domingo, 13 de outubro de 2013

Sinal de vida!

Queridões!
Eu estou bem, obrigada.
O sumiço deve-se ao fato de que, na falta de um, agora tenho dois empregos. E isso consome tempo integral durante a semana.
Estou muito feliz em ambos e, por enquanto, as postagens aqui andarão um pouco mais devagar. =/
Devagar, mas sempre! =]
Para vocês terem uma ideia, o último post de livro que fiz foi sobre 'Contos de Grimm', li o primeiro e estava lendo o segundo. Se eu ainda estivesse bundando, já teria terminado e começado outro. Mas como acabou as férias, ainda nem terminei de ler o segundo. =/
Mas vamos que vamos.
Há trabalho a ser feito e será feito.
Por ora, tentarei dar passagens dominicais por aqui.
Que o mês de outubro traga só alegrias, que novembro seja maravilhoso e que dezembro feche nosso ano com chave de diamante.
Incandesçam!
Imagem retirada da internet.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Contos de Grimm, li e estou terminando o volume 2!


Contos de Grimm
Irmãos Grimm
L&PM Pocket

O primeiro volume reúne 30 contos dos famosos irmãos.
Entre eles: A Branca de Neve, A Bela Adormecida, As Doze Princesas Dançarinas, O Pequeno Polegar, Rumpelstiltskin, entre outros.
O segundo volume vem com 24 contos.
Entre eles: O Príncipe Sapo, A Gata Borralheira, João e sua Esposa Maria, entre outros.

Esqueçam as versões da Disney. Convenhamos que muitas das histórias só se tornaram conhecidas através da Disney, mas os Contos originais são bem diferentes.
Para quem está acostumado com as belas e românticas adaptações, será bem estranho e até chatinho. Os contos são curtos e diretos, nada muito floreado ou romântico.
O príncipe da Bela Adormecida não é nenhum apaixonado em busca de sua amada e o pai da Gata Borralheira não é nenhum pai amoroso que, por conta de seu falecimento e somente por isso, deixa sua filha à mercê da madrasta megera (na verdade ele era um bocó).
Mas... vale a pena ler. É muito legal (minha opinião, embora eu prefira sempre uma história feliz, com o bem sempre vencendo sobre o mal).
E também temos que lembrar que os Irmãos Grimm é que são os donos da história... embora a Disney faça adaptações fantásticas (principalmente para mim, que gosto de histórias felizes).
Incandesçam!

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Setembro, seu lindo, pode vir!

Chega!
Esqueça o que deu errado ou não tão certo.
Faça uma coisa nova hoje, amanhã, depois, todos os dias.
Aprecie o caminho até sua casa, seu trabalho, até a esquina, até o seu quarto, até o banheiro, não importa, mas aprecie. Aprecie mais e critique menos.
O que se faz, se recebe.
Faça o melhor e receba na mesma medida.
Incandesçam!
E que o mês de Setembro seja tão bom quanto suas atitudes e pensamentos!

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Eu li Emma, de Jane Austen!

Emma (Emma)
Jane Austen
Edições Best Bolso

Emma Woodhouse é bonita, rica e inteligente. A caçula das duas filhas de um pai afetuoso.
Emma não pensa, não quer e não vai se casar, mas gosta de agir como cupido e ajudar a formar casais, o que é um motivo de orgulho para ela, já que esses 'casais arranjados' acabam se tornando grandes e bem-sucedidos casamentos... até agora.

Minha opinião!
Ok, vou dar minha opinião.
Achei bacana, mas não é dos melhores que li da Jane Austen.
E é só isso que vou falar. =]
Incandesçam!


domingo, 18 de agosto de 2013

Prefiro caminhar sozinha a seguir uma multidão cega!

Você pode até não gostar do tal 'Segredo'.
Você pode até achar que toda essa história de positivismo é coisa de gente que sonha demais, que vive em uma outra realidade ou que não enxerga a realidade.
Mas, convenhamos, quem gosta de gente que só reclama?
Quem gosta de gente que bota um 'contra' em cada 'pró' que você fala?
Quem gosta de gente que só sabe falar de tragédia, que só sabe enxergar desgraceira e que ainda acha que gente feliz é falsa?
Já me afastei de muita gente negativa, já me afastei de muita gente hipócrita, já me afastei de muita gente que só sabe criticar e reclamar.
Gente que critica a felicidade dos outros, gente que enxerga erros em tudo, menos em si mesmo.
Gente que se acha a voz da razão, o resto está errado.
A luz deve ser sempre moderada. Luz em excesso pode cegar.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Bem-vindo, Agosto!

Bem-vindo, Agosto.
Mas não me traga desgosto, que não quero chorar.
Tenha bom gosto e só alegrias a dar.
Quero sorrir, quero sonhar, quero todos os meus desejos realizar.
Que o amor, a paz e a harmonia eu possa compartilhar.
Que muitos motivos eu tenha para sorrir.
Que só o melhor eu tenha a ganhar.
E que assim seja!
Incandesçam!

terça-feira, 30 de julho de 2013

Da janela lateral...

Sentou-se na varanda.
O sol batia nos seus pés.
Estava um dia lindo. Frio, mas com sol.
O vento balançava as plantas mais altas.
Uma joaninha pousou na janela. Sinal de boa sorte. Coisas boas vêm aí.
Ia começar um novo livro. Um da Jane Austen, desta vez.
Resolveu fitar o céu por um momento.
Era um dia muito lindo. Não se recusou àquela reflexão.
Deitou a poltrona, encostou, fitou o céu mais uma vez e fechou os olhos.
Pensou nos pais, na família, nos amigos. Estavam todos do outro lado do hemisfério.

Saudades, sim.
Tristeza, nunca.

O mundo girava a seu redor, devagar e sempre.
Tudo era perfeito.
Abriu os olhos e começou a ler.
Logo mais encontraria os amigos para a pizza da semana.
Longe de tudo, longe de você.
A felicidade corria pela casa.
Felicidade não requer barulho nem aglomerações.
Estava ali e estava feliz.
Não precisava de nada nem de ninguém para ser feliz.
Só precisava estar ali.

domingo, 28 de julho de 2013

Eu li 'A Abadia de Northanger'

A Abadia de Northanger (Northanger Abbey)
Jane Austen
Edições Best Bolso

Catherine Morland é uma garota de dezessete anos que prefere as brincadeiras de menino às de menina e leva nenhum jeito para as tarefas impostas às mulheres. Mora com sua família e seus muitos irmãos em um vilarejo em Wiltshire (Inglaterra).
O Sr. e a Sra. Allen, amigos de sua família, a convidam para uma viagem a Bath, e ela aceita com alegria.
A vida em Bath é repleta de atividades e Catherine faz grandes amizades. Apesar da inconveniência de alguns, sua estadia em Bath é bastante feliz e, para melhorar, uma de suas amigas, a Srta. Eleanor Tilney, a convida para passar uma temporada em sua residência, A Abadia de Northanger.
Catherine está radiante em conhecer e ainda ser hóspede em uma abadia. Cada dia é maravilhoso e a companhia de seus amigos, Eleanor e Henry, tornam seus dias ainda melhores.
Mas isso está prestes a acabar, pois Catherine é praticamente expulsa da abadia pelo Capitão Tilney, pai de Eleanor e Henry.
Sem saber o porquê, Catherine se vê obrigada a deixar a abadia no dia seguinte, sem qualquer explicação de Eleanor ou do chefe da família Tilney.

Minha Opinião!
Gostei! Confesso que antes eu tinha certo preconceito com Jane Austen por achar que suas histórias eram muito azaradas para o lado das mulheres. Mas deixei de ser tonta, li um livro 'parodiado' de um livro de Jane Austen (Orgulho e Preconceito e Zumbis), vi um filme inspirado no livro dela, mesmo (Orgulho e Preconceito), e mudei meus conceitos.
Outro motivo para gostar de suas histórias é que elas têm sempre começo, meio e fim, o que muito me agrada. =]

É isso, gente boa!
Incandesçam!

terça-feira, 23 de julho de 2013

O Papa é Pop... e a humanidade ainda tem muito o que aprender!

Bem-vindo, Papa Francisco!
A notícia da semana é a vinda do Papa ao Brasil.
Como disse em postagem anterior, sou batizada na igreja católica, mas não sou praticante.
Tenho muito amor e respeito pelo Catolicismo, mas decidi não adotar uma religião.

Sabe, eu entendo que a vinda do Papa pode não agradar a todos e pode não mudar a vida de muita gente, mas o que muita gente chama de saco, eu chamo de respeito. E, de fato, para sermos respeitados temos que ter saco e respeitar os outros, também.

Tenho visto muitos comentários criticando as pessoas que estão felizes e emocionadas com a vinda do Papa.
Ok, vocês que gostam de criticar a felicidade das pessoas que gostam do Papa, vocês que acham que estão muito certos em julgar o que é ou não motivo para felicidade, vocês não são obrigados a gostarem, mas acordem e pensem um pouco (não precisa ser muito, só um pouco já está bom), vocês também podem gostar e se emocionar com coisas que ninguém dá a mínima.

Se você acha um saco ou qualquer outra coisa negativa sobre quem está feliz com o Papa, tudo bem, é um direito seu. Mas pare de criticar e xingar, porque da mesma forma que você demonstra sua felicidade por certas coisas, as outras pessoas também fazem isso e têm o mesmo direito que você.

A felicidade é só de quem sente ou de quem pode entender isso porque também tem seus momentos felizes.
Infelizmente é comum pensar só nos próprios interesses, no próprio mundinho, mas se você tem um mínimo de inteligência e bom senso, pare de criticar a felicidade alheia e dê mais valor à sua própria felicidade.

Sabiamente, alguém disse: Gente feliz não enche o saco.
Eu acrescento uma coisinha: Gente feliz não enche o saco, não julga, não critica e não se acha melhor do que ninguém.

Só porque ver o Papa não faz parte da sua lista de felicidades, não quer dizer que não faça parte da lista dos outros. E também não quer dizer que sua lista seja melhor ou mais importante.
Quando você estiver feliz por algum motivo... alguém estará prontinho para dizer: Grande merda!
Quando isso acontecer, tenho certeza que você não vai gostar e vai querer respeito também. O mesmo respeito que você não se deu ao trabalho de dar quando se tratava de algo sem importância para você.

Incandesçam!

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Esclarecimentos Sobre Crenças e Religiões

Isso aconteceu no facebook, mas acho válido colocar aqui também para maiores esclarecimentos e para quem não me conhece muito bem, conhecer um pouco mais além do meu lado pagão.

Há alguns dias eu publiquei essa foto no facebook:
Infelizmente, algumas pessoas entenderam como um ataque ao catolicismo, talvez, pelo fato de ter a palavra 'missa'.
Achei melhor esclarecer a situação e acabar com qualquer mau entendido.

Missa, embora tenha outros nomes em outras religiões, não é uma palavra que se limita ao catolicismo. Posso esta errada, pelos significados que o dicionário dá para a palavra 'missa', no entanto, pessoas de outras crenças e religiões também chamam de 'missa' seus encontros e celebrações religiosas.

Embora a imagem tenha dito MISSA, o que ela quis dizer é que não adianta a pessoa ser religiosa, ir regularmente aos seus cultos (ou missas, ou encontros, reuniões, giras, etc.), encher a boca para falar de Deus e se mostrar religiosa... e maltratar animais ou ser conivente com isso.
Não adianta se mostrar uma pessoa politicamente correta e temente a Deus... e ser do tipo que critica, julga, maltrata os outros, inclusive os animais.

Infelizmente, existe muita gente assim. E de todas as religiões, porque gente ruim e gente boa existe em todas as religiões. E tenho certeza que cada pessoa que ler isso aqui conhece pelo menos uma ou duas pessoas como essas, que mal sai da igreja (seja lá qual igreja for) e já está falando mal de alguém. Julgando, criticando e querendo o mal de pessoas e animais.

A imagem se refere a isso, e não a um ataque ao catolicismo.

Eu jamais falaria mal de uma religião, muito menos do catolicismo, religião na qual fui batizada e, embora não seja uma praticante, tenho muito amor e muito respeito.
Uma religião muito injustiçada por conta de cagadas que pessoas fizeram e ainda fazem em seu nome, aliás, o que acontece em todas as religiões: Cagadas de pessoas que usam a religião e a igreja (seja qual for) para justificar e acobertar seus podres.
Infelizmente, gente ruim e gente boa existe em qualquer religião. E eu não julgo uma religião ou crença por seus adeptos ou supostos adeptos.

Da minha parte, a quem tiver o interesse de saber, eu sou uma pessoa de muitas crenças e muitas religiões, porque na minha opinião, o mundo é muito grande para se ter uma única verdade absoluta. E após conhecer algumas crenças e religiões, por escolha própria, decidi não me vincular a nenhuma exclusivamente, porque todas, para mim, tem uma parcela de verdade, bem como coisas que acredito ou posso não acreditar.

Vocês me verão muitas vezes publicando fotos ou frases sobre Hinduísmo, Orixás, São Jorge, Lei da Atração, Kardecismo, pois são crenças e religiões que acabei por ter maior afinidade, mas nunca me verão criticando ou julgando esse tipo de coisa, mesmo que a crença/religião não seja minha.

Obs. Continuo sem meu notebook. =/
Incandesçam... e respeitem sempre!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Ausência temporária!

Gente... é com muita tristeza que digo: meu computador se recusa a ligar.
Não sei o que é, a HP não tem Assistência Técnica (só para equipamentos em garantia), e vou ter que caçar um técnico ou algo parecido que possa ver o acontece. 
Aliás, quem souber de alguém de confiança em São Paulo, região central, Barra Funda, Paulista, etc., me avisem.
Quero saber se tem salvação ou se, pelo menos, consigo recuperar o conteúdo.
Até lá... estarei ausente, mas podem falar comigo via e-mail.
Incandesçam!

domingo, 14 de julho de 2013

Eu li 'A Livraria 24 Horas do Mr. Penumbra'

A Livraria 24 Horas do Mr. Penumbra (Mr. Penumbra's - 24 Hour)
Robin Sloan
Editora Novo Conceito

Clay Jannon é mais um desempregado em busca de um emprego na área, mas chega um momento em que até um emprego fora da área também serve.
Andando pelas ruas, se depara com uma placa na vitrine de uma livraria que está precisando de atendente para o turno da noite.
A livraria praticamente não tem movimento, exceto por um pequeno grupo de senhores que pegam livros emprestados de uma seção bastante restrita.
Clay decide fazer um site para a livraria e, ao cadastrar os livros e registros, descobre estranhas combinações que revelam uma misteriosa identidade.

Minha opinião!
Não gostei e será desapegado em sorteio! =]
Agora limito-me a falar apenas que não gostei (quando não gostei), sem maiores detalhes, para não ofender quem gostou.

sábado, 13 de julho de 2013

Respondendo uma indicação!

Fui tageada pela querida Ana Paula do blog 'Ana Paula Make'.
Meu blog não é voltado à maquiagem, mas vamos lá.

1 - Por que escolheu o nome do blog?
Ah... essa eu já respondi aqui. =]

2 - Blogar é sua profissão, se não é, seria?
Não, mas poderia ser. Só não sei quem me pagaria para isso.

3 - Qual o produto que você mais tem dificuldade em fotografar? Por quê?
Nenhum, tiro fotos de coisas minhas, mesmo.

4 - Tem algum produto que mais gosta de resenhar?
Livros! =]

5 - Você usa algum recurso de edição nas fotos?
Não, às vezes só dou uma clareada.

6 - Qual câmera você usa?
Do meu celular Nokia.

7 - Qual a maior dificuldade com o blog?
Não sei.

8 - Qual o maior reconhecimento que o blog te trouxe?
Conhecer pessoas ótimas.

9 - O que mais te irrita na Blogosfera e o que mais te encanta?
Gente que se acha melhor que os outros, gente que não responde quando você faz alguma pergunta.

10 - Como lidar com o Ctrl+C, Ctrl+V de alguns blogues? Já aconteceu de roubarem fotos e conteúdo?
Que eu saiba, nunca aconteceu. Mas é uma falta de criatividade e caráter muito grande.

11 - Quais blogues mais gosta?
Ai... são tantos.

12 - Deixe uma dica para quem está começando.
Faça o que você gosta, o blog é seu!

É isso, gente linda!
Incandesçam!
=]

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Atire a primeira risada de deboche...

Atire a primeira risada de deboche quem nunca se imaginou vivendo dentro de sua série ou filme favorito.
Quem nunca se imaginou casado com aquela pessoa famosa que nem sabe que você existe
Quem nunca sentiu uma pontinha de inveja da vida alheia.

Atire a primeira risada de deboche quem nunca levou o personagem para a cama.
Quem nunca morou em sua mansão imaginária.
Quem nunca quis e imaginou ter poderes dignos de super-heróis.

Atire a primeira risada de deboche quem nunca, antes de dormir, fingiu viver em um mundo mágico, do tipo que tem castelos escondidos nas nuvens.
Quem nunca contou uma mentira para parecer mais interessante.
Quem nunca escondeu seu chocolate para poder comer sozinha(o), sossegada(o), sem ter que dividir com ninguém.

Atire a primeira risada de deboche quem nunca pensou que sonhar fosse coisa de criança... e descobriu, a duras penas, que quanto mais se cresce, mais se sonha.

domingo, 7 de julho de 2013

Eu li 'O Príncipe da Névoa'

O Príncipe da Névoa (El Príncipe de la Niebla)
Carlos Ruiz Zafón
Editora Suma de Letras

No ano de 1943, Max Carver é um menino de 13 anos que, fugindo da guerra, se muda para o litoral, às margens do Atlântico, com sua família.
Sua nova casa guarda segredos que Max não demora a descobrir, um deles é um estranho jardim de estátuas localizado nos fundos do terreno da casa.
Max e sua irmã, Alicia, logo fazem amizade com Roland, um garoto da cidade que mora com o avô, que foi o único sobrevivente de um naufrágio ocorrido em 1918.
Por ter sido o único sobrevivente do naufrágio, o avô de Roland, Víctor Kray, decide construir um farol, para que outras embarcações não passem pelo que ele passou, no entanto, há um outro motivo que Víctor não revela... e está relacionado ao mistério do jardim de estátuas da casa de Max.

Minha opinião!
Adorei!
Só um personagem, o gato (ninguém vai morrer com essa informação), que ficou meio perdido no meio da história. Não sei se ele volta nos outros livros, mas se ficar por isso mesmo, não ficou legal.
Pelo que soube, esse livro faz parte da 'Trilogia da Névoa', os outros livros são 'Luzes de Setembro' e 'O Palácio da Meia-Noite', só que ainda não achei o primeiro, não sei se já foi lançado, se acabou, mas acho que a editora não lançaria uma trilogia só com dois... espero que não.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Continue...

Talvez, o segredo seja viver como se estivesse tudo bem, tudo resolvido.
Mas é difícil fazer isso quando os problemas estão por aí, ao nosso redor.
As contas para pagar, um curso para fazer, alguém próximo que está doente ou você mesmo que pode estar.

Aí você vê uma pessoa feliz, passeando por aí, gastando dinheiro, sorrindo e tomando um sorvete. Fazendo coisas que você queria estar fazendo.
Aí você pergunta: - Por que não eu?
E você pensa: - Aquela pessoa é uma inútil, só faz coisas inúteis, como pode agradar? Como tantas pessoas podem gostar dela? Por que ela se dá bem?
Aí, você não se conforma com como aquela pessoa está tão bem e feliz, cheia da grana e fazendo coisas que você gostaria de fazer.

Você sabe que você é muito mais legal, inteligente, interessante, que você merece muito mais... e nada.
Você sabe de tudo isso e tem certeza de tudo isso, mas quem está bem, mesmo, é a outra pessoa.
Você... você continua aí levando sua vidinha, fazendo nada do que gostaria.

Seja como for, não desista.
Dê o seu melhor.
Acredite.
Lute.
Faça.
Dê o seu melhor. Porque colhemos sempre tudo aquilo que plantamos.
Incandesçam!

sábado, 29 de junho de 2013

10 músicas para o Dia dos Namorados... ou qualquer outro dia!

Pensando sobre aquele bando de listas de coisas que fazem para o Dia dos Namorados, lembrei de uma música que eu amo!
E lembrei que toda vez que se fala em músicas para momentos como o Dia dos Namorados, é dessa música que eu lembro, mesmo que outras venham depois.
Mas se eu tiver que citar uma só, é essa: 7:11, do Ramones.
Talvez ela não seja tão boa assim para o Dia dos Namorados, já que o final não é feliz, mas tratando-se de amor, não importa.
E já que comecei mais uma lista de Dia dos Namorados, mesmo que ele já tenha passado, mando mais nove músicas das minhas favoritas para o Dia dos Namorados... ou para qualquer data que quiserem, o amor não tem dia certo. =]

Last Kiss - Pearl Jam
Também não é uma música feliz, mas é linda. É uma regravação, mas gostei mais da versão do Pearl Jam do que da versão original. Acho que uma versão mais lenta combina mais com a música.

Tarde Vazia - Ira!
Eu lembro que eu era... 'nova' (rs) quando ouvi essa música pela primeira vez e foi amor à primeira vista. No começo eu via a música como sendo um homem cantando para uma mulher, mas depois eu inverti a situação e vi a música sendo cantada por um personagem feminino para um homem. =]

Valsa Brasileira - Chico Buarque
É difícil escolher uma música do Chico Buarque, mas essa tem um lugar especial na minha lista, principalmente na voz do Cláudio Botelho, que é quem está cantando a música no vídeo abaixo.
O vídeo faz parte do maravilhoso espetáculo 'Na Bagunça do Teu Coração', por isso tem um começo narrado pelo Chico Buarque, depois começa a música com o Cláudio Botelho e depois se mistura com uma outra música (A Mais Bonita), cantada pela Cláudia Netto
Esse é o único vídeo que existe (ou que eu achei) no youtube referente a esse espetáculo lindo (que eu assisti duas vezes e só não fui mais porque terminou a temporada em São Paulo). 
Foi feita uma nova montagem, em cartaz no Rio de janeiro até maio deste ano, mas eu não assisti.

Girl - The Beatles
Escolher uma música dos Beatles também é outra tarefa difícil, mas essa é mais uma especial na minha lista, principalmente na voz do meu queridíssimo Serj Tankian.

Happy Together - The Turtles
Essa eu vou cantar no meu casamento, junto com meu marido (eu não penso em casar, mas isso é detalhe). Sem mais! =]

Think Of Me - O Fantasma da Ópera
A música que eu mais amo dessa ópera, e cheguei na conclusão que a interpretação que mais gosto é a da Emmy Rossum.

A Girl Like You - Edwyn Collins
Essa música eu conheci no colegial, marcou minha adolescência e guardo comigo até hoje.

Seguindo Estrelas - Os Paralamas do Sucesso
Essa música é nada mais nem menos do que linda!
É uma das músicas que eu gostaria de ter sido a inspiração para ela (vai, pode falar que é coisa de gente louca). =]

Stay With Me - The Mission
Então... essa música... também fez parte da minha adolescência.
E o amor aqui... para mim... é um pouco mais quente. =]

Incandesçam!
=]

terça-feira, 25 de junho de 2013

Eu li 'Deuses Americanos'

Deuses Americanos (American Gods)
Neil Gaiman
Editora Conrad

Shadow está preso há três anos. Faltando três dias para sair da cadeia, sua esposa (Laura) morre em um acidente de carro.
O melhor amigo de Shadow (Robbie) também morre neste mesmo acidente, o que o leva a pensar que Laura e Robbie estavam discutindo detalhes de sua festa de boas-vindas, mas... a verdade é outra.
No avião de volta para casa, Shadow conhece Wednesday, um homem misterioso que quer contratar Shadow como uma espécie de 'segurança faz tudo'.
Shadow segue com Wednesday, visitando lugares e recrutando pessoas para uma 'grande mudança' que está por vir.
Shadow descobre que Wednesday não é um homem misterioso comum, bem como as pessoas que ele acaba conhecendo no caminho, também não são pessoas comuns, mas são pessoas que, de uma forma ou de outra, todos nós conhecemos.

Minha opinião!
Um livro muito louco, é isso que achei.
De vez em quando o livro dá uma esticada que chega a cansar.
Às vezes eu me confundia com tantas histórias intercaladas, algumas eu nem entendi muito bem o que estavam fazendo ali no meio nem o que realmente queriam dizer, mas ok.
Apesar de passar por coisas que não entendi e também não me interessei, de forma geral, gostei do livro.
Alguns livros me agradam (ou não), por isso mesmo. Por ter coisas que não entendi ou não gostei, como alguns filmes baseados em livros do Stephen King que, de tão 'ridículos', eu não consigo deixar de ver quando passam na televisão.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Escolha a felicidade!


Entre certos e errados, escolha ser feliz.
A felicidade incomoda, mas os incomodados que se mudem.
Incandesçam!

sábado, 22 de junho de 2013

O que eu tenho para oferecer hoje...

Eu te ofereço um bom-dia, que você comece bem o seu dia e a partir do começo tenha um ótimo fim.

Eu te ofereço um sorriso, e que a partir de um sorriso recebido, você também tenha muitos para oferecer.

Eu te desejo sorte, e que a partir da sorte que você tenha, as pessoas ao seu redor também possam ter.

Eu te desejo positividade, e que a partir de um pensamento positivo, você tenha motivos para acreditar e seguir em frente.

Eu desejo amor, e que a partir de um pensamento de amor, você tenha atos de amor para oferecer.

Eu te desejo proteção, e que ao receber, você também possa proteger.

Eu desejo tudo de bom, e que só o melhor aconteça com você e para você.
E que você também tenha só o melhor para oferecer.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

“Frases e Pensamentos”

"Crônica foi um nome que inventaram para ficar menos difícil falar sobre nossas vidas e mais fácil conviver com elas." 
(Regiane Alencar)

"Não importa o quanto a gente saiba (não desmerecendo o que já sabemos), mas sempre temos muita coisa, ainda, para aprender."
(Regiane Alencar)

"Perdoar os outros é difícil, perdoar a si é duas vezes mais. Primeiro, porque você se vê como uma pessoa que errou. Segundo, porque você tem que admitir isso".
(Regiane Alencar)

"Querido Papai do Céu, cuida do meu planeta, porque os moradores dele não têm a menor competência para isso."
(Regiane Alencar)

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de caráter, e quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem."
(Arthur Schopenhauer)

terça-feira, 18 de junho de 2013

Decida!

Imagem retirada da internet
Encontrei essa imagem na internet. Não tenho certeza se é realmente um texto de Cora Coralina, mas uma pessoa no facebook disse que é.

E você, já decidiu?
Nós temos o poder sobre nossas vidas.
Chorar é normal. Reclamar, xingar e sofrer é normal.
Mas temos que colocar um limite.

Chorar, esbravejar, xingar... por um tempo e acabou.
Não dá para estender por muito tempo, sabe?!
É isso ou passaremos o resto da vida se lamentando.
O resto da vida também não sei, mas que vai muito tempo perdido, vai.

E perder tempo não é algo que podemos fazer hoje em dia... em dia nenhum, mas ultimamente a coisa piorou. O tempo passou mais rápido do que de costume.
Não temos tempo para lamentações, temos que ir à luta.
Se a felicidade não bateu na sua porta, bata na dela.

Decida!

Incandesçam!

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Resultados dos Sorteios: Os Miseráveis, O Livro do Amanhã e Desapego!

Olá, queridos e queridas!

Vamos direto aos resultados, começando com o sorteio 'Os Miseráveis em quadrinhos'.

Print do Random.Org:

Print do formulário:

Como o número sorteado refere-se à chance-extra de seguir o blog por e-mail, é preciso que o e-mail indicado esteja realmente ativo para receber as atualizações do blog.

Print do e-mail ativo que segue o blog:

E o print dos seguidores do blog:

\o/ Parabéns, Vanessa! \o/
Você tem até as 14h de amanhã (18/06/13) para responder o e-mail que já te enviei. =]

Atualização!
Em 27/06/2013, a Vanessa mandou a foto do livro recebido. Obrigada, Vanessinha! =]

Agora vamos ao resultado do kit 'O Livro do Amanhã'.

Print do Random.Org:

Print do formulário:

Print do RT (já que o número sorteado refere-se a um RT):

Print dos seguidores do blog:

\o/ Parabéns, Cristiane! \o/
Já te comuniquei por twitter, você tem até as 14h de amanhã (18/06/13) para me responder.

Atualização!
Em 29/06/2013, a Cristiane mandou a foto com o livro recebido. Obrigada, Cristiane! =]

Agora vamos para o sorteio do 'Desapego'.

Print do Random.Org:

Print do formulário:

Print da divulgação:

Print dos seguidores do blog:

\o/ Parabéns, Hellena! \o/
Estou enviando uma mensagem para você agora mesmo e você deve me responder até as 14h de amanhã.

É isso, galera. Obrigada pela participação de todos e logo teremos mais sorteios no blog.
Incandesçam!

sábado, 15 de junho de 2013

Caos... um de cada vez, por favor!

Caos... prefiro ficar em casa.
Caos... um de cada vez, por favor.
Vou resolver este aqui que chegou primeiro, ok?

Mas antes... obrigada.

Obrigada porque eu tenho banheiro dentro de casa e se precisar fazer aquele xixi urgente no meio da noite... tudo bem, o banheiro está logo aqui do lado.
Obrigada porque a chuva fica do lado de fora da minha casa.
Obrigada porque eu tenho chuveiro com água quentinha.
Obrigada porque a internet está aqui à minha disposição.
Obrigada porque o chocolate está aqui na gaveta ao lado.
Obrigada porque eu mudo de opinião sempre que achar necessário.
Obrigada porque eu estou bem aqui, sã e salva.

Sim, tenho alguns problemas para resolver.
E vou resolvê-los!

Por isso, Caos, espere a sua vez, sim?
Agora não posso falar com você.
E se você me irritar... bato a porta na sua cara.

Mimimi, não posso falar com você agora... nem depois.
Desculpe, mas não tenho mais saco para você.

Pessoas, vocês me cansam, mas darei atenção a alguns de vocês.
Ultimamente tenho sido mais seletiva.
Alguns entram, alguns saem e alguns eu invento.
E bom dia para você que tem mais o que fazer da vida e cuida só da sua.
Que todos tenham um bom-dia, boa-tarde e boa-noite!
E obrigada por tudo!
Eu sou feliz como sou e desejo que vocês também sejam!

Incandesçam!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Traição... também pode fazer parte do casamento!

Ainda sobre traição, o que eu ia falar e achei melhor deixar para outro post (clique aqui para ver a abordagem anterior).

Não estou querendo dar uma de descolada, liberal, libertina ou algo do tipo.

Mas retomando o assunto do post anterior, há casos em que uma traição pode ser perdoada, sim.

Há muitos casos em que um trai o outro e... a outra pessoa está perfeitamente ciente disso.
Nem falei que "um homem trai uma mulher e ela sabe disso" porque pode muito bem ser o contrário.

E não é que a pessoa traída seja uma corna mansa, é que ela não vê problema nisso e pode muito bem ter seus casos à parte também.
Em alguns casos de traição, a pessoa que trai não está fazendo nada escondido, a outra pessoa sabe.

E, repito, não é que a pessoa aceite ser traída, é que isso faz parte do relacionamento que o casal tem.
Estão de comum acordo sobre relacionamentos fora do casamento.

Porque casamento não é só um "Eu-te-amo-homem" e "Eu-te-amo-mulher". Há mais coisas alcançadas do que relacionamento amoroso/sexual.
Há filhos, vitórias, fracassos, jornadas, lutas (incluindo a conquista da casa própria) e mais uma vida inteira que você viveu em conjunto com outra pessoa.

Casamento é uma experiência muito maior do que só estar casado e vivendo com outra pessoa. E pode muito bem não ser abalado nem destruído por uma relação fora do casamento porque muitas vezes... relações fora do casamento fazem parte do casamento.

Algumas pessoas sabem muito bem separar um relacionamento amoroso de um relacionamento meramente sexual (já aviso que eu não sou uma delas).
E aceitar isso não se trata de hipocrisia ou viver de aparências, mas da forma como a pessoa enxerga as situações, da forma como ela vive, como ela gosta, enfim... da vida de cada um.
Nem tudo o que funciona para um funciona para outro.

Esse é um dos motivos pelo qual não julgo quem trai ou aceita traição. Cada um sabe do seu.
Às vezes ficamos escandalizados com notícias sobre traição, quando as pessoas realmente envolvidas não estão dando a mínima para isso.

Cada um ao seu se ele lhe serve.

Eu não sou uma pessoa que aceitaria traição, não sei separar amor de sexo, mas entendo que existam pessoas assim. E são pessoas normais e legais como qualquer um que a gente conheça.
O fato de não aceitar ou não querer uma coisa não significa que os outros também não aceitem ou não queiram.
As pessoas são diferentes, por mais que a gente não goste, por mais que a gente queira que todos pensem como nós.

Cada um tem suas opiniões, suas preferências e seu modo de viver, e tudo isso deve ser respeitado.

Incandesçam!

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Faça um hoje diferente!

Muita gente reclama de monotonia, nada muda, tudo está sempre igual... mas o que elas fazem de diferente? O que elas mudam?

Se você quiser uma mudança, se você quiser que sua vida mude... acorda, gata. Você tem que mudar também.

Você acordou, tomou café, escovou os dentes? Ok. Amanhã, faça tudo diferente. Fique de pijama o dia todo, bundando na frente da televisão e do computador.
Esse é um exemplo simples, mas vai mudar o seu dia, vai servir para alguma coisa, nem que seja para você perceber que o dia passou, a louça ficou na pia, aquele livro não foi lido, aquela coisa importante não foi feita e foi uma péssima ideia ter feito (ou não ter feito) tudo isso.
Mas tudo bem, porque serviu para você ver que nunca mais deve fazer isso, a menos que esteja de férias.

Agora, voltando à monotonia da sua vida, já pensou em parar de reclamar e pôr mãos à obra?
Vai passear, vai ao cinema, vai dar uma volta, passa na livraria, compra um doce.
"Ah, mas sozinha..."
Ué, chame alguém. Mas se não tiver ninguém para ir com você, vá sozinha mesmo e aproveite a sua companhia.
Acredite, você vai adorar passear sozinha.
Experimente uma vez e, se não gostar, não precisa fazer de novo. =]

Se você quiser que sua vida mude... você tem que mudar.
As coisas não acontecem sozinhas, temos que dar uma forcinha (não, não tive intenção de rimar).
Esperar que as coisas simplesmente aconteçam, sem nem uma ajudinha, é pedir muito.
Tem que fazer para acontecer. Fazer para merecer. Fazer para receber.
Então, faça!
Quer mudança? Mude!
A vida é assim.
Incandesçam!

sábado, 8 de junho de 2013

Aceitar uma traição... ainda não cheguei nesse nível de evolução!

Eu em casa, televisão ligada, eu no computador, assunto 'traição' sendo discutido por homens no programa da Cátia.

E então alguém diz algo como (lembrando que não foi exatamente com essas palavras, mas foi mais ou menos isso):
"Você vai para o Taiti, conhece uma taitianeza linda... aquele luau maravilhoso... você vai ligar para a sua namorada... vai perder essa chance?"

Vamos pensar... quando foi que um relacionamento virou uma oportunidade?

Não precisa nem ir para o Taiti, isso pode acontecer aqui mesmo. 
Naquele show da Legião, quando eu estava em uma das filas para sair e um cara lindo, estilo Morrissey, passa do meu lado e mexe no meu queixo, quando olho para ele (que já estava sendo levado pela fila), ele me dá uma piscada.

Não aconteceu mais nada, ele estava em uma fila, eu estava na outra, sentido contrário, e não tinha condições de nenhum dos dois parar, nem se a gente quisesse (e bem que eu quis).

Eu não tinha namorado, não tinha nem beijado ainda, mas e se fosse um caso como o citado acima?
Digamos que eu tivesse namorado e ainda tivesse conseguido parar para falar com o 'Morrissey do show da Legião'.
Era um cara lindo que eu nunca mais veria de novo, era um clima maravilhoso (ah, eu acho, adoro shows e acho um momento mágico), eu ia perder essa chance?

Depende. O que é mais importante para mim? O meu namorado ou a ficadinha de 20 minutos com a pessoa que nunca vi na vida e provavelmente nunca mais verei?
O respeito pelo meu namoro e pela pessoa que está comigo há algum tempo ou a falta de caráter e respeito temporário?

Chance? Chance do quê? Que oportunidade é essa? 
Não enxergo aí uma chance de nenhum tipo, só vejo uma atração física, um tesão, um fogo no rabo que pode passar tão rápido quanto veio.
Pessoas lindas podem ser encontradas milhões de vezes em qualquer lugar do mundo.
Você vai querer agarrar todas essas milhões de 'chances'?
Você acha que não pode perder essas milhões de 'chances'?

Será que você entenderia se estivesse do outro lado?
"Olha, amor, eu conheci um cara muito lindo e foi uma chance única na vida, não pude perder essa chance e te dei um galho".
Entendeu?

Não julgo quem trai ou quem aceita traição, nem posso dizer se é certo ou errado porque acredito que cada pessoa é única, o que serve para um pode não servir para outro e vice-versa. 
Não há um padrão de certo e errado neste caso. Há o que as pessoas aceitam ou não.
Cada um sabe o que serve para si, o que podem ou não aguentar.

Eu sei que isso não serve para mim.

Eu sei também que traição vai além do parceiro beijar ou transar com outra pessoa, mas deixarei isso para o próximo post.

Por ora... eu sei que não estou no 'nível espiritual' de aceitar que meu marido/namorado beije, transe ou algo nesse sentido com outra pessoa. Não precisa nem ser outra mulher, pode ser homem também.
Mas, o que sei sobre mim até os meus 32 anos e 5 meses, eu não trairia nem perdoaria uma traição.

Eu sei também que muitos homens se acham supercertos em justificar suas traições ou possíveis traições, mas não aceitariam nem perdoariam se fossem traídos.

Acho perfeitamente normal que se ache outras pessoas bonitas, lindas, gostosas e afins tanto para homens quanto para mulheres.
Mas, traição... não faz parte da minha vida e nem quero que faça.
Se ela entrar... eu saio.

Incandesçam!

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Lista de Desejos

Confesso que sempre achei esse negócio de Lista de Desejos uma coisa inútil. =]
Mas eu também achava que postagem de comprinhas era inútil e mesmo assim passei a fazer, a diferença é que minhas postagens de comprinhas recebem o nome de 'Presentes'. =]

Passando por tantas coisas que quero e no momento não posso postar como 'Presentes' (rs), vou mostrar minha lista de desejos da vez. =]
Ressalto que estou falando de coisas materiais, mesmo, logo, vocês não verão nesta lista, coisas como a paz mundial ou a prosperidade e fartura de todos os povos do mundo. Estou falando de coisas que só o dinheiro pode comprar.

Box da Primeira Temporada de Grimm
O Lugar mais barato que achei foi no site Ricardo Eletro.com.
De forma que acabou a segunda temporada, em breve deve estar saindo o box também... e também quero. =]

Meu bom e velho All Star Bota
Eu tive um com a ponta branca e sem a facilidade do zíper, mas agora eu acho que quero esse todo preto...
... e um vermelho...
... e também um rosa porque... bom, preto, rosa e vermelho são cores básicas para mim. =]
O lugar menos caro que achei foi na Dafiti.
Ai que saudade do meu All Star Bota. =/

Discos de Vinil da Legião Urbana
Como boa fã de Legião e dos bolachões, eu adoraria fechar minha coleção de Legião em vinil.
Essa foto eu tirei da internet, falando sobre o relançamento dos discos de vinil. 
Esses da Legião, dessa nova leva, eu nunca vi ao vivo, só sei que um único custa mais de cem reais, valor este que, nem nos anos 80, não se pagava em um disco.
Bom, a esperança é a única que morre. =]

Cds do Ramones
Eu não sei quantas tristezas eu tenho na vida, mas uma delas, com certeza, é não ter ido a um show do Ramones. Quando eles deram o último show no Brasil, eu tinha 13 anos.
Só me resta os cds.
E eu pretendo fechar minha coleção Ramones em cds e, como a esperança é a última que morre, em discos também. =]

E vou encerrar aqui essa primeira Lista de Desejos, quem sabe eu poste outras... ou não.
Incandesçam!
=]

terça-feira, 4 de junho de 2013

Como conseguir um macho... ou não!

Nem brancas, nem pretas... nós somos incandescentes!
Eu li isso: "Mulheres aprendem a desmunhecar em curso para atrair partidão".

De ler o título, eu fiquei passada. De ler a matéria, eu fiquei passada e engomada, como dizem por aí.

Desculpe, eu não uso salto. Não gosto, dói meu joelho e, para finalizar, não sei.
Não quis aprender. Achei doloroso demais para aceitar aprender.

Eu não uso maquiagem, só batom.
Eu me acho mais bonita assim. E quem tem que achar alguma coisa aqui sou eu, já que sou eu que carrego meu rosto.

Eu não ando na ponta dos pés e nem acho que isso seja bom para a postura, para a coluna, além de achar que isso é ridículo.

Eu como o quanto eu quiser e confesso sem a menor culpa que às vezes passo mal de ter comido por gula.

Me perdoem, mas uma das melhores coisas da vida é comer o que quiser e o que tiver vontade.
Eu disse O QUÊ, e não QUEM, embora isso também possa ser dito, mas estou falando aqui é de comida, mesmo.

Partidão seria o quê, exatamente?
Eu não quero partido, eu quero uma pessoa que goste de mim pelo que sou, que me respeite, que me entenda, que se divirta comigo, que possamos crescer juntos, que me paparique também, por que não?

Demonstrar independência?
Particularmente, não demonstro independência, apenas demonstro o que sou ou como eu sou.
E não vejo nada de independente em fazer um pedido ao garçom.

Não se deve transar na primeira noite?
Voltamos à velha máxima "Se dá é puta, se não dá é filha da puta"?
Se você quiser, dê. Se não quiser, não dê. E se o homem pensar mal de você, procure outro porque o errado é ele!

Na praia, onde não se usa salto, deve-se andar na ponta dos pés?
Pirou? Você é uma boneca, que deve estar sempre perfeita para apreciação?
Também não vai mais fazer ginástica para não correr o risco do seu partidão te ver suada e descabelada? Vai fazer a ginástica das mulheres do filme "Mulheres Perfeitas"?

As pessoas são como são. Eu gosto de uma pessoa pelo que ela é, não pelo que mostra. Qualquer máscara pode cair, até a mais simples de todas.

Você pode falar que faz ou não faz alguma coisa só para conseguir um determinado emprego. E isso é válido porque todo mundo precisa trabalhar, mas você tem que arcar com as consequências que isso pode trazer.
Você também pode fazer alguma coisa (muitas, na verdade) só para impressionar uma pessoa, mas, tenha certeza, você vai se arrepender. Ou porque não precisava, ou porque não valia a pena.

E os homens?
A mulher tem que passar por essa palhaçada, mas e os homens? Eles devem fingir também (o que muitos, naturalmente, já acham que é o certo fazer)?

O meu primeiro encontro com um ex-namorado foi ridículo.
Fomos ao cinema ver 'O Exorcista', filme que eu já acho um saco o original, piorou qualquer versão vinda depois.
Aceitei porque achei que ele gostava (já que foi ele que escolheu) ou que realmente queria ver o filme.
Depois, ele falou que só escolheu esse filme porque não queria que eu escolhesse um filme romântico (primeiro vacilo, já foi chutando que eu ia escolher um determinado filme quando eu nem tinha pensado em nada ainda) e porque achou que se ele deixasse eu escolher um filme no primeiro encontro (segundo vacilo, ele não tem que deixar nada), eu ia achar que poderia escolher sempre e sempre escolheria um filme romântico (terceiro vacilo, achou de mais, julgou sem saber e tentou me impedir de escolher um filme porque ele não gosta do estilo, como se ele pudesse mandar ou desmandar no relacionamento).

Olha a linha de pensamento da pessoa.
Com essa linha de pensamento, que tipo de curso deve ser feito para homens que agem assim ou que pensam dessa forma?

Há coisas que você pode gostar mais ou menos em um homem ou em uma mulher. Mas há que se respeitar as pessoas como elas são.

Usar salto, maquiagem e passar vexame andando na ponta dos pés não garantem um partidão nem um partidinho.
Seja você mesma(o). Seja como você gosta. Respeite e exija ser respeitada(o).

Uma coisa é você usar uma roupa porque a outra pessoa gosta e você quer agradar.
Outra coisa é você fazer coisas (muitas vezes que não gosta ou que acha sem noção) única e exclusivamente com um propósito externo, não porque você quer ou gosta (mesmo que seja para agradar), mas porque você acha que só assim você arrumará um macho ou qualquer outra coisa.

Quem gosta de uma pessoa, gosta dela como ela é.
Há coisas que devem ser melhoradas, mudadas, etc.? Sim!
Haverá discordâncias e opiniões diferentes? Com certeza.
Brigas? Claro!

Mas relacionamentos são assim e exigem flexibilidade e respeito de ambas as partes.
Não dá para ser tudo do jeito de um nem de outro. Tem que ceder de vez em quando, tem que exigir de vez em quando, tem que mudar ou se recusar a mudar de vez em quando, e isso é para os dois.

Não há curso de como ser ou se comportar. Há a experiência de viver um relacionamento com uma pessoa e aprender com essa pessoa. E isso vale para os dois.
E digo mais, você vai aprender como pode ser e como não deve ser, também. Como fazer e como não fazer. Como ser e como não ser (eu aprendi a deixar de ser otária).
Cada um é um. Aprenda como você é, como a outra pessoa é, e faça o melhor dentro do seu relacionamento, mas... sempre pense em você em primeiro lugar, sempre se coloque em primeiro lugar, porque a pessoa mais importante para você deve ser sempre você mesma(o).

Incandesçam!
=]

segunda-feira, 3 de junho de 2013

A culpa é sua!


Já pensou que o que acontece na sua vida é problema seu?
Você é capaz de mudar o que não está bom.
Somos responsáveis por nossas vidas.
Todos os dias temos a chance de mudar o mundo.
Faça do seu dia um motivo para sorrir.
E agradeça por todos os dias ter uma nova chance de ser feliz.
Tudo o que fazemos recebemos de volta.
Essa é a lei da vida, sem contestações.
Faça o seu dia feliz, faça alguém feliz.
Dê alegria à sua vida e à vida de outras pessoas.
Mude para melhor.
Tenha um bom-dia, faça um bom-dia também!
Incandesçam... e tenham um feliz dia.
\o/

domingo, 2 de junho de 2013

Bem-vindo, Junho!

Tem Dia dos Namorados, tem Festa Junina (várias), tem comidinhas legais, tem frio... e que tenha também:

Boas oportunidades;
Bons momentos;
Boas diversões;
Boas pessoas... e também pessoas de bem.

Façamos o nosso melhor, sejamos felizes e vamos nos divertir!
Incandesçam!
=]

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Bom dia!

Bom dia para você que dormiu bem, no aconchego da sua cama, do seu quarto, da sua casa, da sua família.

Bom dia para você que não tem nada disso. Eu espero realmente que um dia você tenha, faça por merecer e mereça.

Bom dia para você que acordou de bem com a vida porque sabe que apesar das tristezas, ainda há muita coisa boa no mundo.

Bom dia para você que alegra a vida das outras pessoas.

Bom dia para você que sabe que deu sorte na vida pelo fato de ter casa, comida e roupa lavada, mesmo que seja você mesmo que tenha que lavar, porque sabe que isso é sinal de que você tem roupa e sabe que isso é motivo para agradecer por ter se dado bem na vida.

Bom dia para você que também gosta de ler e considera uma boa noite o fato de ter lido um livro antes de dormir.
Bom dia para você que não gosta de ler, mas que um dia vai perceber como isso é importante. Não fosse pela leitura, você nem poderia tomar um ônibus para o trabalho.

Bom dia para você que está xingando e reclamando porque está com sono, um dia você vai dormir para sempre e vai parar de reclamar.

Bom dia para você que não se importa com o sono eterno aí de cima porque sabe que até lá tem muitas coisas para fazer e viver, e se empenha em fazer e viver bem cada uma delas.

BONS DIAS!
Incandesçam! \o/