Ovelhas Incandescentes

Ovelhas Incandescentes

Páginas

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Presentes

Eu sei, o Natal é uma data criada pelo sistema.
Não há data para demonstrar o amor pelas pessoas, não há data para presentear as pessoas, não há data para reunir a família e os amigos, etc.
Mas é legal!
É legal arrumar qualquer motivo para festejar, para ser feliz, para passar momentos divertidos. É legal dar e ganhar presentes.
Tem gente que precisa de datas para dar um empurrão nos sentimentos, para renovar as esperanças, para acreditar em alguma coisa. E daí? Se tem gente que precisa de um empurrão, ok. Quem sou eu para questionar ou criticar essas pessoas.

Aqui em casa estamos sempre festejando alguma coisa. Eu já fui muito mal-humorada, muito mais chata do que hoje e muito infeliz também. Gente mal-humorada é gente infeliz mesmo. A verdade é essa.
Hoje eu sou muito mais legal. E aprendi a gostar do natal, a ser menos ranzinza, a aceitar o espírito natalino e estendê-lo pelo resto do ano.
Além disso, acredito na egrégora que o fim do ano traz. E sendo assim, aceito fortalecer essa egrégora de amor e novas esperanças.

E mais... atire a primeira pedra quem não gosta de presentes! =]

Ganhei do Namorado lindo que sempre arrasa nos presentes!
Ganhei da Tia Meire! Acende luzinhas e toca musiquinha! =]
Ganhei da prima querida! =]
Ganhei da minha irmã fofa! =]
Ganhei da Supermãe! =]
Opa! Esses eu me dei! =]
Borrachas de Dados para minha coleção de borrachas! =]

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

(ENCERRADO) Sorteio do kit 'Um Lugar Para Ficar'

Atualização em 18/02/2013
O sorteio foi adiantado, será feito no dia 20/02/2013! 
Participem!

Feliz véspera de natal, galera!
Eu ia esperar terminar os dois sorteios atuais do blog, mas não aguento esperar, principalmente sendo um desapego.
Eu ganhei esse kit em um sorteio do blog 'Biblioteca Empoeirada', adorei o livro, adorei o kit, mas é a mesma situação do 'Branca de Neve e o Caçador': Não vou usar como se deve, logo, passo adiante.

O kit é composto por livro, marcador do livro, caixa personalizada e pingente da Novo Conceito.
O marcador do blog 'Biblioteca Empoeirada' não vai junto, este é meu. =]

A única regra é seguir o blog, para isso, basta ter uma conta do gmail, yahoo ou twitter. A opção para seguir o blog está lá embaixo, no pé da página, clique em 'Participar deste site' e siga as indicações. Feito isso, preencha o formulário abaixo.



Para mais chances, basta me seguir no twitter (@regiane_carrie) e tuitar a frase: "Eu quero o kit de 'Um Lugar Para Ficar' que a @regiane_carrie está desapegando: http://migre.me/cwzFM".
Atenção: Basta copiar e colar a frase do jeitinho que ela está aí, sem tirar nem por mais nada. A frase começa na aspa dupla (") e termina no ponto final (.). Frases tuitadas com qualquer caractere diferente serão desclassificadas. 

Pode tuitar quantas vezes quiser, a cada tuitada preencha novamente o formulário. Lembrem-se que, para esta chance, vocês devem estar me seguindo no twitter e o link da tuitada deve ser diferente, nada de preencher o formulário várias vezes com o mesmo link. Certo?!

O sorteio será feito no dia 25/02/2013, até lá, podem participar à vontade.
Feliz Natal e Incandesçam!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Eu li 'A Escolha'


A Escolha (The Choice
Nicholas Sparks
Editora Novo Conceito

Gabby se mudou para a cidade há pouco tempo, para ficar mais perto do namorado, e sua única e melhor amiga é sua cachorra, Molly.
Um dia ela percebe que sua cachorra está grávida e o culpado dessa situação é Moby, o cachorro do vizinho. Revoltada com a situação e preocupada com o futuro dos filhotes, Gabby vai até a casa do vizinho cobrar sua parte na responsabilidade por aquela cria, afinal, ele é o dono do cachorro-pai, então, também tem que se responsabilizar pelos filhotes.
Gabby fala um monte e vai embora, sem deixar seu vizinho dar qualquer explicação. A única coisa que ele conseguiu falar foi aconselhar Gabby a levar Molly ao veterinário, e foi o que ela fez.

Ao chegar ao veterinário... surpresa! Ele é Travis Parker, seu vizinho bonitão, gostosão e bem-sucedido.
Gabby quer enfiar sua cabeça no buraco mais próximo, principalmente quando Travis diz que seu cachorro não pode ser o pai da cria que Molly espera... ele é castrado.
Até aí você imagina que eles terão um caso, cachorros animarão a vida do casal e por aí vai. Certo, isso acontece. E acontece também um acidente em que coloca à prova o amor entre os dois.
Um acidente que coloca o amor dos dois entre a vida e a morte, literalmente.

Minha Opinião:
Algumas vezes achei que enrolou um pouco, mas ainda assim eu gostei. A história é muito boa e você pode até achar que algumas coisas são previsíveis, mas não são não. Os acontecimentos são mesmo uma surpresa a cada momento.
Gostei do livro, mas ele também será desapegado junto com os livros do sorteio do kit 'Charlotte Street'.

Incandesçam!
=]

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Eu li 'Conselho de Amiga'


Conselho de Amiga (A Little Friendly Advice) - Clique no nome do livro para comprá-lo.
Siobhan Vivian
Editora Novo Conceito

Ruby acaba de completar 16 anos. Logo mais vai sair com as melhores amigas para comemorar a maioridade e será só alegria. Mas, antes mesmo de apagar as velinhas do bolo, surge uma visita inesperada: seu pai!
Aquele mesmo pai que largou a família há anos atrás, quando Ruby ainda era pequena, que simplesmente arrumou suas coisas, entrou no caminhão e foi embora.
Por que ele resolve aparecer agora, no dia do aniversário de Ruby? Por que ele foi embora sem nem dar um tchau?
É isso que Ruby está prestes a saber. Não só o motivo de sua partida, mas também vai descobrir que as coisas não eram bem como ela pensava.

Minha opinião:
Achei bacana, mas fraquinho. Tudo bem que eu não esperava nenhuma grande descoberta, mas os motivos ainda ficaram meio inexplicados para mim, não resolvidos. Nadou, nadou e morreu na praia. Mas vale a leitura.
E... certamente este livro também será desapegado. Livro e marcador. Já está adicionado na lista de desapegos do sorteio do kit 'Charlotte Street', que falo aqui!

Incandesçam!

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

11 safadezas que elas adoram... ou não!


Em primeiro lugar: Não respondo por todas as mulheres como muita gente faz por aí. 'Nós gostamos disso', 'Mulheres gostam daquilo', etc. Só posso responder por mim e falar do que EU gosto ou não.

No twitter, vi uma pessoa que eu sigo criticando este texto aqui: http://playboy.abril.com.br/sexo/comportamento/11-safadezas-que-elas-adoram/
(Tentei fazer o link e deu erro, então, por favor, copiem o endereço e colem na barra de endereço do navegador.)

Para evitar a fadiga, não citarei nomes de ninguém, muito menos ofenderei as pessoas, até porque é tudo questão do ponto de vista de cada um. Achei certo dar o meu, para que, se qualquer pessoa do meu universo ler esse texto (o texto acima, não o meu), automaticamente me exclua do 'elas adoram'.

Minhas respostas sobre os 11 'achismos':

1 - Nem gosto e nem deixo de gostar. A verdade é que não ligo, mas às vezes isso me incomoda. Vai que ele está achando feia ou reparando em uma celulite, ou até mesmo comparando mentalmente com alguma outra bunda?!

2 - Detesto e tenha certeza que vem briga por aí! Primeiro que eu não vejo safadeza nenhuma nisso, o que eu vejo é uma falta de consideração, maturidade ou está querendo se aparecer para algum amigo(a). Depois que eu detesto ligações desnecessárias. E essa, além de desnecessária é retardada.

3 - Nem pensar! Se eu estiver atrasada, então, lá vem mais briga. Não boto em risco minhas responsabilidades por algo que posso fazer depois, sossegada, com calma e do jeitinho que eu gosto.

4 - Acho bacana quem gosta, é um tipo de desapego que eu, particularmente, não tenho. Mas não cedo a isso nem se for para ME satisfazer, porque mesmo assim ele estaria com outra pessoa e eu não iria gostar. E eu, realmente, acho que dois é bom e três é demais mesmo.

5 - Sim, eu gosto, desde que não seja muito forte a ponto do prazer virar dor e incômodo mesmo. Mas também se não fizer, tudo bem.

6 - 'Traz uma cerveja' é um xaveco? É isso mesmo? Chamar de gostosa, ok.

7 - Não, não dá! E se me falar que o sexo com a outra era péssimo, entenderei que voltou só porque precisa de uma boa trepada, o que piora a situação. De qualquer forma, não alcancei a iluminação necessária para perdoar uma traição. Não vou botar fogo na casa, destruir o carro ou algo parecido, mas, para mim, acabou o relacionamento. Quem consegue perdoar e agir como se nada tivesse acontecido, ok. Se você acha que a pessoa realmente se arrependeu e gosta mesmo de você, você gosta dela e saberá lidar com isso, perdoe mesmo. Mas eu sei que EU não sou dessas.

8 - Não, não gosto. Pode falar que eu sou a mais gostosa da galáxia, não gosto disso. Se eu olho? Claro que olho, qualquer pessoa faz isso. Mas há uma diferença entre olhar e pagar pau. E isso também inclui discrição.

9 - Não, na verdade eu não gosto. Falando por mim, eu sei que o meu namorado gosta disso, mas eu prefiro sem surpresas. Já aconteceu isso e eu fiquei um tanto quanto mal-humorada porque eu estava morrendo de sono e recebi como um tipo de obrigação, já que ele estava todo animado. Não tive nem coragem de cortar o barato dele.

10 - Nada mais desagradável. Eu sei, sou chata. E fico mais ainda quando estou fazendo alguma coisa e sou pega de surpresa. Ah, tem vezes que eu gosto, claro. Mas, com certeza, essa não é uma delas. Ainda mais se eu estiver com panela quente na mão. A pessoa tem que saber quando é conveniente pegar alguém desprevenido. Para mim, fogão não é um lugar muito bom para isso.

11 - Não vejo problema, mas não me sinto abençoada com isso não. É só mais uma coisa que eu nem ligo, nem deixo de ligar, mas na frente do meu pai, por exemplo, nem pensar!

E para fechar, acho um puta saco esse negócio de homens são assim, mulheres são assado. O que eu acho mesmo é que as pessoas são pessoas, logo, são diferentes. E generalizar qualquer coisa sobre homens e mulheres tem uma grande possibilidade de dar errado.
É isso!
Incandesçam!

Eu li 'Um Lugar Para Ficar'... e gostei!


Um Lugar Para Ficar (Stay) - Clique no nome do livro para comprá-lo.
Deb Caletti
Editora Novo Conceito

Clara é uma garota de 17 anos que está terminando o colegial e ainda não decidiu que faculdade fazer. Essa é sua única preocupação atualmente.
Em um jogo de basquete em sua escola, Clara conhece um cara lindo, loiro, alto, de olhos azuis (Caco Antíbes! rs) e que logo se vê apaixonado por ela.
Eles logo começam a namorar e tudo parece lindo, perfeito e 'para sempre'... até ela realmente perceber que ele é um perigo, não só para ela, mas para ele também.

"Meu pai, Bobby Oates, disse que amor à primeira vista deveria fazer a gente sair correndo se sabemos o que é melhor para nós. É o seu lado sombrio reconhecendo, instantaneamente, o lado sombrio do outro, diz ele." (pg. 6)

Minha opinião:
Eu gostei! O livro flui superbem, alternando entre os acontecimentos passados e presentes sem deixar a história confusa.
Em alguns momentos esqueceram de colocar o sinalzinho que separa uma situação de outra, mas ok, dá para entender que a cena mudou.
Uma coisa que eu fiquei na vontade de saber é sobre o ex-namorado dela. Várias vezes ele é citado e... e eu percebi agora que isso seria considerado spoiler, seja lá o que for spoiler. Eu acho isso meio sem fundamento. Se for pensar, tudo é spoiler, até eu ter falado que Clara é uma garota de 17 anos, terminando o colegial e sem saber que faculdade fazer.

Essa é mais uma história que pode e acontece com qualquer um. Ser manipulado pela pessoa que gostamos é uma coisa que acabamos fazendo (ou deixando que façam conosco) sem perceber.
Muitas vezes percebemos isso e sabemos que é errado, mas, quando gostamos de alguém, vamos até o fim para fazer dar certo, sempre na esperança de que a pessoa vá mudar.
Felizmente, em muitos casos, conseguimos parar com tudo antes que seja tarde demais.
A esperança é realmente a última que morre, o problema é que muitas vezes ela não morre, nós é que temos que matá-la. É isso e sofrer um pouco ou viver sofrendo por uma esperança que você mesmo(a) criou e que sabe que é em vão, porque a pessoa nunca vai mudar. Isso é só um desejo seu, mas não da outra pessoa. Nessa hora temos mesmo é que ser racionais. Continuar se realmente vale a pena continuar ou terminar se for o melhor a ser feito. Em casos como esse, isso é mesmo o melhor a ser feito.

Observação:
Esse kit eu ganhei em um sorteio do Blog 'Biblioteca Empoeirada', mais um kit fofo, com livro, caixa personalizada, marcador e pingente com o logotipo da Novo Conceito. Eu gostei muito do livro e adorei o pingente, mas já sei que vou acabar não usando, então, será desapegado em sorteio aqui no blog, ok?!
Mas só o kit do livro. O marcador da 'Biblioteca Empoeirada' é meu e ninguém tasca. =]
Incandesçam!
=]

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Últimas Aquisições =]

Essas aquisições foram feitas em novembro, mas acabei não conseguindo mostrar antes.

Mas cá estou eu agora. =]

Matilda

Matilda (clique nos links para comprar os livros mencionados) é um filme que eu sempre adorei, assim como 'A Fantástica Fábrica de Chocolate', e são do mesmo autor, Roald Dahl (o link leva para o wikipédia, que tem um texto às vezes confuso, mas informa bastante sobre a vida do escritor).
De forma que sempre gostei de histórias infantis e mágicas, 'Matilda' foi um prato cheio para mim, agora tenho o meu próprio exemplar. =]

Para quem não conhece o filme (e para quem conhece também), vale a pena.


A Rainha da Neve

A Rainha da Neve (o link é de uma adaptação do Walcyr Carrasco, ainda não li) sempre foi o meu conto favorito de Andersen. Conheci através do programa 'Contos de Fada', que passava na TV Cultura. Acho que eu tinha uns 7 anos... acho. Foi amor à primeira vista e nunca esqueci.
Esse livro da foto foi comprado em um sebo, pela internet, está um pouco velho e deve ser manuseado com cuidado, mas hoje em dia não é muito fácil achar esses contos sem ser em adaptações. Além de 'A Rainha da Neve', o livro tem outros contos já conhecidos do autor.

Aqui você pode ver esse episódio completo. =]


Anos depois, eu estava na locadora (bons tempos) e vi esse maravilhoso pôster. Eu queria um desse na porta do meu quarto ou do guarda-roupa. =[


Mais que depressa aluguei o filme (se não me engano, eram duas fitas) e foi amor à segunda vista. rs
Não é porque eu gosto, mas o filme é mesmo lindo!


Quando o meu cabelo ficar branco, bem branco, eu vou descolorir tudo e ficar como a personagem. =]
E daí? Tem gente que pinta o cabelo, e tem gente que 'despinta' o cabelo.
Eu quero o dvd, mas onde achar esse dvd a essa altura dos tempos?

A Luneta Âmbar (Fronteiras do Universo)

A Luneta Âmbar é o último volume da trilogia Fronteiras do Universo, só faltava esse para fechar a minha coleção. Eu não tenho problema em comprar volumes de diferentes editoras, mas como eu já tenho os dois primeiros da Objetiva, estava procurando por esse da Objetiva. Achei em um sebo pela internet também (todos os livros até agora comprei em sebos pela internet) e adorei. O livro está novinho e foi menos da metade do preço das livrarias por aí.

A História Sem Fim

A História Sem Fim é mais um filme que eu sempre adorei e queria muito ler o livro. Li em uma daquelas estações de leitura que tinha (triste não ter mais, agora só no Metrô Paraíso) nas estações de metrô. Adorei! Isso foi em 2005 ou 2006. Agora eu tenho o meu exemplar (também comprado em sebo rs). =]

E olha o filme! Esse eu era pequena quando vi. Por influência de uma amiga de infância que adorava. =]


Esses livros foram todos comprados através do site 'Estante Virtual', que junta sebos de todo o Brasil em um site só. Eu gosto muito de garimpar sebos. No caso de compras pela internet, há que se tomar cuidado e prestar atenção na descrição do livro, pois ele pode estar mais danificado que o aceitável.
Além dos livros que comprei em sebos, também aproveitei uma rápida volta no site do 'Walmart' e comprei esses dois.


 'A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça' já foi lido e falei dele aqui!
'O Livro das Coisas Perdidas' é um livro que eu me interessei depois de ler uma postagem da minha xará Regiane, do blog 'Ler e Almejar'. E para melhorar, ela falou que quando leu esse livro lembrou de 'A História Sem Fim'. =]

Fim das aquisições... ou melhor... ainda tem algumas. =]
A lata veio junto com a caneca que ganhei da minha querida amiga Priscilla. O conteúdo veio metade das 'Lojas Americanas' e metade da Dany, do blog 'ChocoDany'. =]



Agora sim, fim das aquisições. =]
Ficamos por aqui. Eu, minha Lilith e sua almofada nova. Depois de fazer xixi duas vezes na casinha, a Vovó achou melhor fazer uma almofada nova para a senhoritinha aí. =]


segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Eu li 'A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça'


A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça (The Legend of Sleepy Hollow)
Washington Irving
Editora Leya

Ichabold Crane é um professor da pacata Vila Sleepy Hollow. Como toda boa e pacata vila, esta também tem suas lendas. Uma delas é 'A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça'. Dizem que foi um soldado que teve sua cabeça arrancada por uma bala de canhão. Desde então, ele galopa à noite, à procura de sua cabeça.
Se a história é só uma lenda ou não, você irá descobrir no conto. Sim, é um conto de menos de 70 páginas, piscou, acabou o livro. Aliás, clique no nome do livro lá em cima para comprá-lo.

Minha opinião:
Sem graça!
Eu estava realmente ansiosa para ler porque adorei o filme do Tim Burton.


Aprendi a não ficar comparando livros e seus filmes, então, não ficarei comparando um com o outro. Mas, separadamente, adorei o filme e achei o conto muito sem graça. Mais um livro que eu passo adiante. =]

terça-feira, 27 de novembro de 2012

(ENCERRADO) Eu li 'Charlotte Street' + Sorteio de Desapegos

Sorteio encerrado! Confira o resultado AQUI!


Charlotte Street (Clique no nome do livro para comprá-lo.)
Danny Wallace
Editora Novo Conceito

Jason Priestley (não, não é o ator, mas deve ter sido proposital, já que há muitas menções no livro) é um professor (ou ex-professor), atualmente trabalhando como jornalista e crítico de um pequeno jornal.
Seu melhor amigo é Dev, dono de uma loja de jogos de videogame e também seu companheiro de apartamento.
Um dia, Jason ajuda uma garota a pegar um táxi e acaba ficando com sua máquina fotográfica, o que causa uma verdadeira revolução em sua vida, indo a lugares inesperados, conhecendo pessoas inesperadas e passando por grandes momentos em sua monótona vida. Tudo pode acontecer em Charlotte Street.

Minha opinião:
Gente, peço desculpas a quem gostou, mas o livro é muito chato. A ideia é muito boa, mas a história toda fica numa lenga-lenga interminável. Achei tão chato quanto 'O Preço de Uma Lição'. E tem também momentos em que você não sabe se o Jason está falando sozinho, com o Dev, se está pensando naquela hora ou se é só uma lembrança. Na primeira página você já encontra isso, então, já percebe que o livro é um tanto quanto confuso. =[

Explicações, desapegos e sorteios!
Esse kit eu ganhei em um sorteio do blog 'Mais Um Blog Sobre Livros', veio o livro, a caixinha do livro, marcador e uma bolsinha (como essas bolsinhas para guardar máquina ou celular). Muito legal, mas o livro não é dos livros que quero ter o meu exemplar e a bolsinha, apesar de fofa, vou acabar não usando.
Sendo assim, vou desapegar o kit 'Charlotte Street' (livro, marcador e bolsinha, a caixinha não vai porque não tenho mais), o livro 'Garotas de Vidro' (livro + marcador), o livro 'Para Sempre' (livro + marcador) e mais uns itens de maquiagem e esmaltes (tudo novo e dentro do prazo de validade, são produtos que ganhei e concluí que não usarei porque já tenho produtos iguais ou porque realmente não uso).

A única regra obrigatória é seguir o blog e preencher o formulário.
Para chances extras, siga o meu twitter (@regiane_carrie) e tuíte a frase: "Eu quero os desapegos da @regiane_carrie - http://migre.me/c791M". Para cada tuitada, preencha o formulário novamente. Pode tuitar a valer.



Uma observação!
Estou desapegando os livros abaixo:
A culpa é das estrelas;
O estranho caso do Dr. Jekyll e do Sr. Hyde;
Os segredos da mente milionária;
A verdade - vol. 4;
Ame, nutra e perdoe;
A lenda do cavaleiro sem cabeça;
Conselho de amiga;
A escolha.

Todos estão novos e muito bem-conservados, exceto para 'A culpa é das estrelas' e 'O estranho caso do Dr. Jekyll e do Sr. Hyde', que levam na primeira página minhas iniciais e a data em que comprei/recebi.
O livro 'Os segredos da mente milionária' está bem-conservado, mas tem grifos de caneta marca-texto amarela em alguns trechos e uma anotação à caneta na última página do livro.
Quem ganhar o sorteio e quiser algum, alguns ou todos esses livros, deixe aqui nos comentários qual o livro que você quer (ou todos, se quiser todos).

O sorteio será feito no dia 07/01/2013, no mesmo dia do sorteio do kit 'Branca de Neve e o Caçador'.
Incandesçam e façam as coisas paradas circularem. Não está usando? Passe para frente. Bote a energia estagnada para circular. =]

sábado, 24 de novembro de 2012

Auto ou não, ajuda sempre ajuda!


Tudo nessa vida é um ensinamento. Assim acredito.
Eu não sou vinculada a nenhuma religião, embora já tenha conhecido e passado por algumas.
De livre e espontânea vontade eu decidi não me vincular a nenhuma. Não há um motivo específico, apenas senti que o meu mundo era maior e precisava ter uma visão maior do todo.

Sou batizada na igreja católica, com muito amor no meu coração e muito respeito, mas não posso me dizer praticante. Tem coisas que não concordo (como há em muitas crenças), mas também há coisas que eu sei que foram impostas pelo ser humano, usando o nome de Deus, seja lá qual for o(a) Deus(a). Não sei se por uma má-interpretação dos fatos ou por maldade mesmo... ou os dois.

O fato é que respeito todas as crenças, tenho o meu pé em cada uma delas.
Gosto de ler sobre crenças e religiões, todas elas. E acho importante esse tipo de informação, no mínimo, para não falar merda besteira sobre religiões e crenças alheias.

Ah, já ia esquecendo... adoro livros de autoajuda! Eles já me ajudaram bastante e continuam me ajudando. Tem gente que acha que é perda de tempo e tem gente que acha que isso é para os fracos, pois pessoas maduras, seguras, etc, não precisam disso.
Na verdade, eles são para quem está aberto a eles, pessoas maduras ou não, seguras ou não, etc ou não. Para quem está aberto a eles sem julgamentos precipitados, pois muita gente que critica é porque tem medo de que um livro intitulado 'autoajuda' possa manchar sua reputação de pessoa madura, segura, bem-sucedida e que não precisa de nenhuma ajuda.

Autoajuda não significa que você é uma pessoa que precise de ajuda, embora não haja nenhum problema em precisar de ajuda.
Ajuda é algo que pode ajudar ou melhorar. Uma autoajuda é algo que vai ajudar ou melhorar a si mesmo.
Você não precisa estar na merda para querer ou precisar de ajuda, muito menos para querer melhorar alguma coisa ou alguém (você mesmo, por exemplo).
Autoajuda é ir além do que se é, do que se tem, de como está. E não há problema algum em querer evoluir e melhorar sempre.

Não gostar do assunto 'autoajuda' é um direito que se tem e uma preferência que se tem ou não, mas é bom saber que julgar sem conhecer já é começar errado.
Se você está ótimo(a) e não precisa/quer ajuda, não precisa/quer melhorar nada, ótimo! Só não encha o saco atrapalhe quem busca melhorar e evoluir. Pode não ser o seu caso, mas tem muita gente que só para de evoluir quando morre. Tem muita gente que está sempre em busca do melhor para si e para os outros. Como eu disse, pode não ser o seu caso, mas se não for para ajudar, pelo menos, não atrapalhe quem ajuda, quem melhora e quem busca sempre o melhor para si e para os outros!

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Respondendo 11 perguntas... de novo! \o/

Fui marcada pela querida Rudy, do blog 'Alegria de Viver e Amar o Que é Bom', para responder aquele 'meme' de 11 perguntas (achei uma definição ótima para 'meme', clica aí para saber). Acho que já respondi outras duas vezes, mas gosto bastante. =]

As regras são:

1 - Escrever onze coisas aleatórias sobre você;
2 - Responder as onze perguntas que a pessoa mandou;
3 - Criar onze novas perguntas para as pessoas para quem irá mandar;
4 - Escolher onze pessoas para repassar esse meme e colocar os links de seus respectivos blogs;
5 - Avisar os blogs escolhidos;
6 - Não retornar esse meme para quem te enviou;
7 - Postar as regras.

Então, lá vai. As 11 coisas sobre mim e as respostas das perguntas que a Rudy fez. =]

11 coisas sobre mim:

1 - Meu cabelo é dessa cor mesmo, nunca pintei com tinta permanente (só aquelas canetas safadas que saem na água);
2 - Adoro o sotaque do norte/nordeste;
3 - Eu amo o Stephen King e meu apelido, Carrie, foi tirado do primeiro livro dele;
4 - Sou viciada em doces, chocolate e papelaria;
5 - Sou descendente de índios (de uma tribo que não conheço, mas não importa porque já morreram há muito tempo) e de nordestinos, e tenho muito orgulho disso;
6 - Conheci meu namorado pela internet, mas tenho um pé atrás com gente que se conhece via internet (no caso de relacionamentos);
7 - Sou viciada em twitter;
8 - Já tive insônia quando pequena, hoje o problema está totalmente resolvido;
9 - Sou uma branquela numa família de gente morena/negra, e adoro essa mistura;
10 - Gosto mais de animais do que de pessoas;
11 - Adoro o Hinduísmo e também São Jorge. =]


As perguntas feitas pela Rudy e minhas respostas:

1 - Algo inimaginável?
Voar. =]

2 - A primeira coisa que faz ao acordar? (Não vale dizer abrir os olhos... kkk)
Fazer xixi.

3 - Eu era ... na infância e hoje sou...
Mal-humorada e depressiva. Hoje sou muito mais feliz e sorridente. =]

4 - O melhor vizinho que teve na vida?
A Claudia, que tem 3 gatos. =]

5 - Alguma coisa que marcou profundamente.
Quando Renato Russo, Joey Ramone e Charles Schulz morreram... aí foi foda.

6 - Qual o melhor país do mundo para viver?
Nárnia... e também o país que fica na minha cabeça, a Regianolândia.

7 - Ciência ou sentimento?
Os dois equilibradamente.

8 - O que mais te deixa feliz?
A sensação da certeza de que tudo está bem e no caminho certo. =]

9 - O que predomina na sua personalidade?
O positivismo.

10 - Melhor bebida para tomar no calor?
Água. \o/

11 - Qual seu perfume favorito?
Giovanna Baby. =]

Eu adoro essas perguntas... como os cadernos que passavam de mão em mão no colegial. =]
Adorei as perguntas da Rudy e vou mantê-las para quem quiser pegar este gancho e responder, deixo aberto para quem quiser. =]
Incandesçam,
Pensem no bem!
Façam o bem!
=]


terça-feira, 20 de novembro de 2012

Eu assisti 'Gonzaga, de Pai pra Filho'


Eu acho que não sei o que dizer sobre esse filme, mas vou falar algumas coisas que passam por mim agora.
Eu era pequena quando ouvi 'Asa Branca' pela primeira vez, e gostei muito.
Eu acho que tinha uns 20 anos ou menos (ou mais) quando ouvi 'Sabiá' pela primeira vez, foi com 'O Grande Encontro', e adorei.
Eu já tinha sei lá quantos anos quando ouvi 'Olha pro céu' pela primeira vez, foi com a Ceumar, e morri de amores por essa música na versão dela.

Eu já era bem grandinha quando ouvi 'A Vida do Viajante', 'Caminhos do Coração' e 'Eu Apenas Queria Que Você Soubesse', e morri de amores duas vezes por essas músicas.
Eu já tinha passado pelas minhas crises de existência, pelas rebeldias adolescentes (e adultas também) e por tudo de ruim que eu tinha para passar. Talvez, mais coisas ruins vieram depois, mas o que importa é que o melhor finalmente chegou... e essas músicas serviram como um empurrão para um recomeço.

Sempre tive grande admiração por Gonzagão e Gonzaguinha, suas músicas tocaram em momentos muito importantes da minha vida.
Nunca soube muito sobre a vida deles, e foi muito emocionante (para muitas pessoas, tenho certeza, a sala estava lotada e muitas pessoas choraram) conhecer um pouco da vida deles por esse filme.
Fico feliz pelo filme ter atraído muitas pessoas. Eu queria a sessão das 15h, mas já estava lotada. Peguei sessão das 19h, e quase fico sem filme porque até a das 19h já estava quase toda ocupada.
Uma vida bastante sofrida (como muitas), um trabalho pouco reconhecido (como muitos) e, ainda assim, muito dedicado.
Recomendo muitíssimo, para fãs ou não.
Uma história linda, sofrida, mas linda!
E uma história, realmente, de pai para filho, de pai para filho. =]


Eu li 'O Pacto' (Joe Hill)


O Pacto (The Horns)
Joe Hill
Editora Sextante

Ignatius Perrish é um qualquer. Pai músico, mãe ex-dançarina, irmão músico como o pai. Pode se dizer que a família é bem de vida. E isso é tudo que se pode dizer sobre Ig e sua família.
Tudo estava indo bem e ele estava indo para Londres, onde conseguiu um bom emprego.
Tudo estava indo bem até sua namorada, Merrin Willians, ser encontrada morta. Estuprada e morta.
Ig é considerado o principal suspeito, mas, por falta de provas, ninguém foi preso.

Ninguém foi preso, mas sua vida não foi mais a mesma. Os amigos se afastaram, a família se afastou, o emprego em Londres não aconteceu. Um ano se passou.
Um dia ele acorda de ressaca e descobre que sua enxaqueca tem mais um motivo além da bebedeira da noite anterior: chifres!

Ig bebeu até cansar, dormiu sem perceber e acordou com um par de chifres na cabeça. Mas os chifres não são só chifres, eles têm o poder de fazer as pessoas confessarem seus segredos... seus pecados... seus crimes.

"... as meninas na rocha Coffin tinham ficado cobertas de pedaços e sangue de peru cru, que nem aquela doida de Carrie, mas isso era exagero." (Não basta ser filho, tem que citar. rs)

Minha opinião:
Eu realmente gostei do livro, mas achei um pouco cansativo em algumas partes, devido ao excesso de explicações e detalhes que ele dá.
Há também algumas pontas soltas, quando você (eu, pelo menos) fala: - Essa parte serve para quê? O que aconteceu com isso?
Felizmente, isso ocorre só em algumas partes. rs
Com certeza não podemos comparar livros, mas como eu adorei "A Estrada da Noite", achei que adoraria esse também.
Não gostei tanto quanto "A Estrada da Noite", mas, no geral, gostei bastante e vale a leitura. Aguardo ansiosamente pelo filme, que já está em andamento (ainda que sem previsão) e terá o papel de Ignatius Perrish vivido pelo eterno Harry Potter, Daniel Radcliffe.
E para quem não sabe, o Joe Hill é filho do meu queridinho, Stephen King. =]
Incandesçam!
=]

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

(ENCERRADO) Sorteio do 'Kit Branca de Neve e o Caçador'

Sorteio Encerrado! Confira o resultado AQUI!

Pessoas queridas,
Eu ganhei o kit 'Branca de Neve e o Caçador' no sorteio do blog 'Menina da Bahia'.
Foi um momento muito feliz e esperado porque eu queria muito ler esse livro.
Acontece que eu já li o livro, satisfiz minha vontade e pronto. Não tenho interesse em ficar com o livro e o bloquinho de maçã que faz parte do kit está novinho, nunca foi usado e acredito que não irei usar porque já tenho muitos blocos e cadernos atualmente.
Como detesto coisa parada e acho que livro, se você não faz questão de ter o seu exemplar, deve circular, pensei em dar para alguém.
Muitas pessoas se manifestaram querendo o kit e eu só tenho um, então, optei por sorteá-lo aqui no blog.

livro + bloquinho de maçã + marcador
A única coisa dessa foto que eu não tenho mais é esse folheto do livro. Ele não é algo relevante (para mim, pelo menos).
O kit está novo, sem rasuras, assinaturas (rs) ou amassados. O bloquinho está perfeito e não usei nem mesmo uma folhinha.

A única regra é seguir o blog, para isso basta ter uma conta do gmail, yahoo ou twitter. A opção para seguir o blog está lá embaixo, no pé da página, clique em 'Participar deste site' e siga as indicações. Feito isso, preencha o formulário abaixo:



Para mais chances, basta me seguir no twitter (@regiane_carrie) e tuitar a frase: "Eu quero o kit de 'Branca de Neve e o Caçador' que a @regiane_carrie está desapegando: http://migre.me/bTAAV".

Pode tuitar quantas vezes quiser, a cada tuitada preencha novamente o formulário.

As inscrições podem ser feitas até o dia 06/01/13.
No dia 07/01/13 eu faço o sorteio e entro em contato com o(a) sorteado(a). Se pans, já posto o kit no mesmo dia. =]
Estou dando bastante tempo para quem gosta das chances-extras se divertir bastante. Caso eu perceba que as inscrições não estão deslanchando, faço o sorteio antes do dia 07/01/13.
É isso, gente boa!
Incandesçam.
=]

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Eu li 'Garotas de Vidro'

"Não é legal quando uma garota morre."


Garotas de Vidro (Wintergirls)
Laurie Halse Anderson
Editora Novo Conceito

Lia e Cassie eram amigas desde a infância, e já eram adultas quando romperam essa amizade.
Cassie é encontrada morta em um quarto de motel barato. Ninguém sabe de nada, ninguém viu nada.
Antes de morrer, Cassie liga 33 vezes para Lia, que não atende o telefone e não sabe o que a amiga (então ex-amiga queria).

"O esôfago dela se rasgou."

Lia tem problemas alimentares. Obcecada por ser magra, ela é do tipo que passa fome, faz muita ginástica e machuca o próprio corpo para se lembrar de resistir às tentações alimentares. Cada caloria ingerida é perfeitamente contada, cada excesso cometido é eliminado a qualquer custo, nem que seja à base de laxantes.

"É melhor que elas funcionem rápido. A voz de uma garota morta está me esperando no meu celular."

Cassie, que também era obcecada por se magra, não aguentou e cruzou a fronteira. Resta saber o que ela queria com Lia, por que queria desesperadamente falar com a (ex-)amiga, e se Lia irá pelo mesmo caminho que Cassie.

"Forçar o vômito por muitas vezes pode rasgar o esôfago."

Minha opinião:
'Garotas de Vidro' (clique para comprar o livro) é uma história muito triste e que faz parte da vida de muita gente, homens e mulheres.
Graças a Deus, eu estou fora desse problema, mas acho que todos deveria conhecer esse assunto, se inteirar sobre isso. Toda mundo pode ter uma pessoa próxima correndo esse risco.
Eu nunca cheguei ao ponto de forçar vômito ou deixar de comer, mas já fiz algumas loucuras, dietas loucas e  longos períodos de jejum. Felizmente, isso nunca durou muito. Minha vontade de comer o que eu gosto e na hora que eu gosto sempre foi maior. Minha consciência em saber quando eu tinha que comer direito e quando eu podia me dar ao luxo de almoçar doces sempre foi muito boa.
Algumas vezes, o livro fica um pouco cansativo, mas é um excelente livro e eu recomendo a leitura a homens e mulheres de qualquer idade.

Você nunca sabe quando isso pode acontecer. E digo mais: muitas vezes isso também acontece por influência de namorados e amigos, que, por ignorância ou maldade mesmo, acabam tentando convencer a pessoa de que ela está acima do meso, feia, etc.
Gente... não caiam nessa. Vocês podem até querer emagrecer ou mudar alguma coisa, mas tudo tem um limite. Não queiram se machucar/matar porque o mundo diz que a perfeição é de um jeito ou de outro. Nós somos perfeitos como nascemos.

Eu bem que queria pesar menos, eliminar todas as celulites, estrias e vasinhos do meu corpo. Se eu pudesse escolher como escolho um sabor de pizza no folheto, tiraria tudo isso. Mas isso não me faz menos bonita, perfeita ou ser humano do que o resto da humanidade.
Todo mundo acorda precisando escovar os dentes. Todo mundo peida, arrota, caga (palavras feias, mas verdadeiras). Todo mundo tem pelos no corpo que precisam ser tirados (ou não, se você não quiser).
Toda mulher tem aquele momento que está cabeluda, de cara amassada e sem maquiagem (ok, eu estou sempre sem maquiagem rs). TODO MUNDO É PERFEITO. A diferença está nas escolhas estéticas que temos.

Perfeição é fazer o que você nasceu apto a fazer, e não sair bonito na foto. Aliás, bonito para quem?
Beleza é totalmente pessoal e intransferível, muda de pessoa para pessoa. E não temos uma lei que decrete o que é bonito ou não, que decrete que todos devemos ter a mesma opinião sobre tudo, inclusive sobre beleza, que decrete o que cada um deve achar ou não. Cada um com suas preferências e escolhas.

"Não existe cura mágica nem como fazer tudo desaparecer para sempre. Existem apenas pequenos passos adiante. Um dia mais fácil, uma risada inesperada, um espelho que não importa mais.
Estou descongelando."

Incandesçam!

domingo, 11 de novembro de 2012

Passeando...

O sábado foi inesperado.
1º - Resolvi passar rímel e sombra. #DesastreTotal
Tentei tirar com sabonete e água, entrou sabonete no meu olho e... SOCORRO, como ardeu! Isso porque era um sabonete para bebê, imagine se fosse comum.
Meu olho ficou tão vermelho e tão incomodado (sim, meu olho se incomodou mesmo porque ficou reclamando pelo resto do dia) que eu resolvi nem ir para o Templo.

2º - Na hora que decidi não ir, namorado ligou falando que ia passar em casa para deixar a mochila e ia para o lançamento de uma HQ (História em Quadrinhos =])... e então baixou o santo em mim e decidi ir com ele. Justo eu, que já estou com cota preenchida nos eventos do namorado. rs

A HQ lançada é a 'Ida e Volta' (clique no nome para saber mais informações), pode ser encontrada em qualquer loja de Histórias em Quadrinhos. O lançamento foi na loja Monkix, na Galeria Le Village, na R. Augusta.
Eu amei a galeria, parece mais uma vila... bom, é meio que uma vila, nota-se pelo nome da galeria (rs) e pela decoração também. Linda!
Vejam as fotos que tirei da internet:



 Eu me encantei pelas fontes que tinha lá. Agora são fotos do meu celular ruim mesmo. Nessas horas eu queria ser uma fada invisível para brincar nas fontes... A Fada dos Doces. =]




E brincar com os peixinhos. =]




Ou, quem sabe, se eu fosse um duende... 'O Duende dos Doces', que mora na Fonte dos Peixes. =]




Namorado me deu o volume que faltava para a minha coleção do Snoopy. =]


Andando por lá, passamos na 'Endossa' e me dei uns presentinhos. =]

 Broche e Chaveiro de Ovelha! \o/

Ímã e marcador de livro do 'Pequeno Príncipe'. Amo!

Ímã dos Beatles porque é sempre necessário. =]

Ímã com essa frase porque a esperança é a última a morrer. Graças a Deus ainda temos humanos que salvam a classe.

Meus queridos 'São Jorge' e 'Ganesha'.

Inesperado porque eu não uso maquiagem, porque já tenho cota preenchida nos eventos do namorado e porque todo sábado eu vou para o meu Templo querido tirar a urucubaca. rs
Saí um pouquinho do roteiro, mas adorei. Se pans eu repito.
Incandesçam!
 =]